Artigo, Alfredo Fedrizzi, Zero Hora - Quais façanhas?

- O autor é jornalista, publicitário e consultor

Quase todos os nossos indicadores estão abaixo do que já fomos. Há anos discutimos as mesmas pautas e nada se resolve. Só pioramos

As comemorações de 20 de setembro podem ser uma boa ocasião para pensar no futuro do nosso Estado. Na minha opinião, se gasta energia demais louvando um passado que não existe mais. Olhamos demasiadamente pelo espelho retrovisor e pouco para o futuro. Não se pode descartar o passado. As identidades são forjadas no passado e trazem o espírito de pertencimento.
É importante ver o que fizemos certo lá atrás, reconhecer os erros e se inspirar nos acertos. Mas ter o passado apenas como referência. Bacana reverenciar os ancestrais, a cultura, as tradições, as conquistas. Mas tudo isso, que serviu para nos trazer até aqui, não vai nos levar a um futuro melhor. 

O que temos a comemorar hoje? Parcelamento de salários, criminalidade alta, falta de investimentos, estradas ruins, burocracia pesada, privilégios públicos, desemprego em alta, fuga de talentos, falta de mentalidade empreendedora. Quase todos os nossos indicadores estão abaixo do que já fomos. Há anos discutimos as mesmas pautas e nada se resolve. Só pioramos.

Cadê o nosso projeto de futuro? 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

22 comentários:

Anônimo disse...

Se é que realmente existiu este passado.

Anônimo disse...

"Cadê o nosso projeto de futuro?"

Resposta: OLIVIO DUTRA e TARSO GENRO destruíram, juntamente com PT/PDT e o resto da esquerda!

Carlo Germani disse...

Resumo da ópera:

o povo riograndense fracassou na ausência de um projeto de estado (até de país).

Enquanto tiverem a agenda esquerdista como bandeira,nada será conquistado.

A maior referência de projeto pessoal-regional está na história da imigração
italiana,alemã,(todas),onde o espírito empreendedor,o gosto pelo trabalho,a valorização da família,a estrutura social,a moralidade,o respeito mútuo,...,exatamente o oposto da conjuntura do RS dos últimos 60 anos.

Basta de fraude e farsas com celebrações de derrota e sem metas e datas para realizações presentes e futuras.

Anônimo disse...

Enquanto houver uma esquerda burra no RS, pode esquecer.

Anônimo disse...

BIEN HERMANOS: Nada esta tao ruim que nao possa piorar.
Resta ao gaucho andar com 3 facões na cintura.
Um para pendurar a pilcha e dois para se segurar. Kkkk

elias disse...

Faltou citar o que mais nos atrasa: a qualidade da e3ducação lnos graus elemntares e segundo, em especial.
Uma tropa de jumentos foi e está sendo formada. Professor não ensina, só comunica!

Anônimo disse...

Mas o senhor Fedrizzi não tinha se mandado pra São Paulo?
Acho que já deveria ter se ido.
Mazelas,todas as comunidades têm.
Se não tá bom,vai-se embora.
Da forma de como o senhor Fedrizzi mete o pau no RS,tá perdendo seu talento por aqui.

Anônimo disse...

Está bem, esta geração está comandada pelo PESSIMISMO ESQUERDISTA, o estado ESTÁ MELHORANDO SIM, a renda melhorou, ainda temos uma das mais taxas de desemprego do Brasil, o segundo maior pólo metal-mecânico, temos O MELHOR ESPUMANTE DO MUNDO (CADÊ A POSTAGEM?????), nossa máquina pública está bem mais eficiente... mas tudo bem, se vos apetece elencar apenas os pontos negativos, fiquem a vontade, pois com esse ódio anti-gaúcho que vocês têm, nem se atingíssemos o patamar da Noruega vocês parariam de reclamar.
Vão praguejar pro outro lado, bando de corvos inúteis!

Anônimo disse...

Realmente,o Sr.Fedrizzi,com toda sua sabedoria,não merecemos,nós idiotas,que continue dentre nós.
Deveria cumprir aquilo que escreveu em bombástico artigo em ZH,que se afastaria daqui.
Pelo visto,continua aqui,e com as mesmas lamentações.

Anônimo disse...

o grupo ZeHlotes e` muito cinico, kkkkkk

Anônimo disse...

"FAZ FAMA E DEITA NA CAMA"

"DEITOU EM CIMA DOS LOUROS"

NÃO SÃO BONS CONSELHOS DE JEITO NENHUM.

TODOS OS DIAS TEMOS QUE DERROTAR OS LEÕES,SÓ OS INIMIGOS E CONCORRENTES QUE NOS QUEREM FORA DO PÁREO,NOS DÃO TAIS CONSELHOS.

"LUTAR SEMPRE, É PRECISO" ou viramos um bando de petistas mentirosos,preguiçosos e ladrões...

ainda é tempo,só um milagre, mas eles , os milagres existem!

ps.: usar bombacha,bota espora e tomar mate o dia inteiro não resolve, TEM QUE SE ARREMANGAR E PARTIR PARA AS CABEÇAS!

Anônimo disse...

Esse sujeito é insuportável! É grosseiro com as pessoas que o cercam, péssimo colega e autoritário.

Anônimo disse...

Nosso "projeto de futuro", esbarra no bolso da classe política e, na qualidade do ensino ministrado nas escolas abarrotadas de professores comunistas...

Anônimo disse...

Nosso estado é um feudalismo e nunca vão querer que o progresso chegue a pleno.

Anônimo disse...

Uma delas é a de distribuir dinheiro " facil" a agencias de
publicidade.

Anônimo disse...

O que temos a comemorar hoje?
Políbio, não seria por acaso o título de "eleitor mais altamente politizado do Brasil"?

Anônimo disse...

Temos um RS das GREVES , dos pelegos,dos militontos, não produtivo, e o outro RS, o que TRABALHA , progride, distribui dividendos, paga impostos, compete em desigualdade com os vizinhos do Mercosul e recebe PRÊMIOS. Ontem, uma VINICOLA GAÚCHA , a CASA PERINI, recebeu um PRÊMIO INTERNACIONAL pela QUALIDADE de seus VINHOS. Parabéns, CASA PERINI, ORGULHO DO RS.!!! Tia Glória.

ganhatudo disse...

Mas o Alfredo que não se impressione muito, pois logo logo os gaúchos voltam a votar no PT e a coisa piora mais um pouco. Precisa ser muito burro para não entender o que nos levou cada vez mais para o fundo do buraco. Votar no PT só pode dar nesse caminho. Será que um dia os gaúchos vão aprender?

Anônimo disse...

Grande parte da tradição gaudéria foi criada no interior do CTG 35, por Paixão Cortes e seus amigos. Chamam a isso de tradição gaúcha! O RS é muito maior que um bando de pacholas!

Anônimo disse...

Alfredo é petista e portanto tem parte da responsabilidade pelo que vivemos. Quando falam do empreendedorismo dos imigrantes estão corretos, pois o gaúcho nato não é chegado em empreender ou trabalhar...por fim a questão da educação pública, a 30 anos o Cpers promove greves, ou eles são ruim em reinvidicações ou são greves políticas. Morei 10 anos em SC é só vi uma greve de professores lá, não é a toa que a educação pública de lá é melhor que a nossa

Anônimo disse...

Eis ai o povinho gaúcho, outrora "o mais politizado do Brasil" saboreando o resultado de anos de administrações esquerdistas. Toma!

Anônimo disse...

FAÇANHA REALIZOU A CASA PERINI. EM MEIO A ESTA TURBULENCIA POLÍTICA CONSEGUIU RECEBER UM PRÊMIO INTERNACIONAL PELA QUALIDADE DE SEUS VINHOS . UM GRANDE ORGULHO PARA O PAÍS E O ESTADO DO RS .!!!
TIA GLÓRIA .