Governo já decidiu regulamentar direito de greve em 24 áreas do setor público

O jornal Valor desta terça-feira informou que diante da crise provocada pela paralisação de muitas categorias do funcionalismo, a presidente Dilma Rousseff tomou a decisão política de propor uma lei que regulamente as greves no setor público. A investida deve começar depois que as negociações sobre o reajuste salarial dos servidores forem concluídas e do envio da proposta de lei orçamentária para 2013 ao Congresso.

. A ideia do governo é proibir paralisações de categorias armadas e garantir que serviços essenciais à população sejam mantidos pelo menos por uma parcela dos servidores responsáveis pela execução dessas atividades.

. A lista de serviços considerados essenciais pelo governo abrange 24 áreas. As principais: distribuição de energia elétrica e gás, o abastecimento de água, as telecomunicações, a inspeção agropecuária, a arrecadação, o controle de fronteiras e do tráfego aéreo e a inspeção de estabelecimentos industriais e comerciais.

5 comentários:

Anônimo disse...

Aposto que este governinho medíocre não chegará nem perto do que anseia a sociedade ...

Exemplos ? Vão continuar permitindo paralisações sem o corte do ponto, vão continuar permitindo que a seita com registro no TSE continue usando o aparelho sindical para fazer política !

Êta bananão sindicalista bandoleiro !!!

Mordaz disse...

Ora, se um serviço não é essencial, nem deveria ser público! Está competindo desonestamente com a livre concorrência.

Mordaz disse...

Imagina se fosse o Governo do PSDB, do DEM que estivesse propondo isto, o que o PT não faria??? De pedrada na cabeça do governante para fora.

Anônimo disse...

Tem que fazer greve mesmo!!

Os políticos roubando e extorquindo o dinheiro público do povo, os CCs ganhando uma fortuna e os efetivos uma micharia perto disso tudo.

Tem que fazer greve e pedir aumento mesmo!!

Anônimo disse...

Quando é o governo metendo a mão no dinheiro dos contribuintes gastando com bobagens ou desviando boa parte, tá tudo na boa!!

Quando o governo edita um lei permitindo criar mais cargos e aumentar os salários dos CCs, tá tudo na boa!!

Agora quando são os efetivos querendo aumento em função dessa sacanagem toda, tá tudo errado, e ainda colocam o povo contra os servidores públicos.

O povo tem que reclamar não da greve dos efetivos públicos e sim da roubalheira que o governo faz dos impostos que o povo paga.

Isso sim, o povo tem que reclamar, mas isso o povo parece não querer ver.

O que é o governo usar da mídia e da emprensa pra tapear suas trambicagens e colocar a opinião pública a favor ou contra o que eles bem querem.