Só Para Porto Alegre - Você percebe mais Brigada nas ruas ?

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

STJ quebra sigilo dos comunistas Agnelo Queiroz e Orlando Silva

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou nesta sexta-feira a quebra de sigilo fiscal e bancário do ex-ministro do Esporte Orlando Silva, do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e do policial João Dias.

. O ministro Cesar Asfor Rocha, relator dos inquéritos que apuram denúncias contra os acusados, acatou pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), encaminhado hoje ao STJ.

. A quebra de sigilo será referente ao período entre 2005 e 2010, época em que supostamente ocorreram os desvios no programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. Asfor Rocha também acatou o pedido para tomar depoimento de Agnelo Queiroz, Orlando Silva e de mais 26 pessoas.

3 comentários:

Anônimo disse...

Não vão achar nada.
Escroques não deixam rastos

Anônimo disse...

Mafiosos não funcionam assim, esta é a tática do quero-quero, o ninho deles não fica em bancos nacionais. Procurem em lugares onde vão aviões oficiais sem inspeção como Cuba, Argentina, Venezuela , Equador, Bolívia, Paraguai e Uruguai. Por que a Polícia Federal, a ABIN e o Ministério Público nunca descobriram nada contra estes mafiosos? Ordens do chefe que é um doente moral incurável!

Anônimo disse...

Como se alguém fosse tão burro para roubar dinheiro, e depois, depositar em sua própria conta.