Moraes é aprovado pelo Senado e será novo ministro do STF

O indicado do presidente Michel Temer (PMDB) ao Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, teve o nome aprovado pelo Senado Federal na manhã desta quarta-feira para ocupar a vaga aberta com a morte do ministro Teori Zavascki, morto em uma queda de avião em janeiro.

Em votação secreta, os senadores avalizaram a indicação por 55 votos a 13. Não houve abstenção e o quorum foi de 68 presentes. Agora cabe ao STF marcar a posse do novo titular da Corte.


Ao chegar ao Senado, o presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE) avisou que a sessão seria rápida e que não haveria espaço para discussão nem encaminhamentos. A reunião começou com menos da metade dos 81 senadores presentes. “Votação secreta não cabe discussão. Nem encaminhamento aberto de líderes", afirmou. Para ser aprovado, Moraes precisava do voto de pelo menos, 41 dos 81 senadores.