Governo do PT e Ministério Público Federal abafam escândalo da espiã-nua de Brasília que serviu aos Ministros Toffoli e Gilberto Carvalho contra o PSDB

- A reportagem a seguir é de Veja desta semana, que circula a partir deste sábado.

Há duas semanas, VEJA revelou que os ministros Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República, e Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, agiram em sintonia com a máfia que desviou mais de 1 bilhão de reais dos cofres públicos. Em depoimentos prestados ao Ministério Público e à Polícia Federal, a advogada Christiane Araújo de Oliveira contou que, durante anos, manteve relações estreitas com ambos e usou essa intimidade para conseguir levar à frente ações de interesse da quadrilha para a qual trabalhava.

. Apesar da gravidade das acusações, registradas há mais de um ano em um arquivo de vídeo e outro de áudio, na ocasião nenhum procedimento de investigação formal foi aberto para apurar a denúncia. Pior que isso: uma parte do material -- o áudio original no qual a advogada narra aos policiais os detalhes de seus encontros com as autoridades do governo e as atividades paralelas derivadas desses encontros -- pode ter sido propositalmente escondida para evitar constrangimentos ao governo.

. No áudio até agora desaparecido, Christiane conta detalhes, muitos deles sórdidos, a respeito do período em que conseguiu se infiltrar no governo a pedido da máfia. Entre muitas histórias impressionantes, a advogada confirma que, em 2009, entregou ao então advogado-geral da União, Dias Toffoli, material gravado clandestinamente que incriminava opositores do governo -- versão confirmada em depoimento prestado recentemente à Polícia Federal por Durval Barbosa, o chefe da quadrilha, que fez um acordo de delação premiada com a Justiça.

. Dias Toffoli nega que tenha recebido qualquer documento das mãos da advogada. Em conversas com colegas do STF, o Ministro relatou que está sendo vítima de calúnia e que teria recebido do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, a garantia de que não há nada nos depoimentos que o comprometa.

- Não é um comportamento apropriado para quem deveria zelar pelo interesse público: melhor seria se o procurador se empenhasse em descobrir por que as revelações da advogada ficaram escondidas por tanto tempo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

15 comentários:

Anônimo disse...

Esse Roberto Gurgel, não esqueçam, é o "Engavetador-geral" da Republiqueta Bananeira.

Lambrem-se, foi ele quem engavetou as denúncias contra o Palocci.

Só por isso, já é suspeitíssimo. Mais ainda aquele frangote petista do Toffoli que foi estrategicamente colocado no STF para defender os vigaristas do mensalão ...

Anônimo disse...

Será que pediram ajuda pro Beto Albuquerque, pra abafar?

Anônimo disse...

Marcos Cavalcante (irmão do Marcelo)

Caro Políbio,

Os fortes indícios vêm apenas corroborar com o que também pode ter ocorrido no Rio Grande do Sul com a ex-governadora Yeda Crusius do PSDB no pleito de 2010, devido a vários factoides políticos que foram criados pelo eixo do mal, principalmente, coincidentemente e estranhamente, após o corpo do meu irmão Marcelo Cavalcante, ex-assessor de Yeda, aparecer boiando em condições suspeitíssimas, as margens da ponte JK e com fortes indícios de uma premeditada emboscada, mas que teve um vergonhoso desfecho apontando suicídio comum, depois de uma “suspeita” troca de delegados e de uma vergonhosa blindagem à eterna suspeita Magda Koenigkan.

A ampla divulgação em desfavor da então governadora Yeda, pela grande mídia gaúcha após a morte de Marcelo, acabou facilitando a vitória do governador Tarso Genro do PT ainda no primeiro turno. A grande diferença é que em Brasília o impeachment do governador Arruda foi sacramentado antes do pleito de 2010 e no Rio Grande do Sul, apesar das várias tentativas, acabou não acontecendo o impeachment, mas acabou minando qualquer pretensão e chance de reeleição da governadora Yeda.

Apesar de toda a família Cavalcante e de todos os verdadeiros amigos de Marcelo termos 100% de certeza de tratar-se de homicídio e também pelo fato das excessivas mentiras e contradições de Magda Koenigkan, que a coloca como principal suspeita de estar por trás da emboscada que fizeram com Marcelo e conviveu apenas e tão somente um ano e três meses com meu irmão, mas foi intitulada pela grande mídia do Rio Grande do Sul de “viúva” e empresária bem sucedida em Brasília.

Logo no início das investigações a delegada plantonista já colocava Magda como suspeita de estar por trás, de alguma forma, devido suas excessivas contradições, devido à retirada do carro do meu irmão da ponte antes mesmo da perícia e muitas outras coisas, como também foi colocada como suspeita pelo delegado e pelo investigador que ficaram responsáveis pela investigação antes, é claro, da “estranhíssima” troca de delegados, que acabou culminando com a “vergonhosa” mudança de rumo nas investigações. Depois vem com a falsa falácia de que a polícia não é política?

Também foi vergonhosa a blindagem que as investigações da Polícia Civil do Distrito Federal, especificamente a 10ª. DP do Lago Sul, e também as investigações do Tribunal do Júri do Ministério Público do Distrito Federal fizeram à “viúva” Magda Koenigkan, principalmente após suas várias mentiras e contradições caírem por terra ao longo das “investigações”, mas nunca era colocada, em momento algum, como suspeita pela delegada, tampouco pelo promotor, que até chegavam a defender Magda, afirmando que eu falava uma coisa e ela outra.

É importante salientar que a Justiça Divina tarda, mas não falha e parece que Ela já começou a ser feita.

Marcos Cavalcante (irmão do Marcelo)

Anônimo disse...

E aí Daniel banana, esse é o teu sobrenome né ??? Não vai falar nada ??? Nem uma mentirinha ??? E o teu amante, o Luiz??? Caladinho também ????
Bando de boiolas PicareTas...
Relamente os milicos fizeram besteira, deixaram esses aí nascerem...

Anônimo disse...

Eu não sabia de nada! É o velho método de 9Dedos sendo levado pelos seus asseclas. Idiotas e mal intencionados acreditam neles!

Anônimo disse...

Tá melhorando, era advogada-espiã agora já evoluiu para espiã-nua, quem sabe daqui alguns anos vc tenha coragem de digitar a verdadeira atividade da "advogada". Quem sabe...

Anônimo disse...

Deve ter desfilado na escola de samba do carioca DANIEL.

Anônimo disse...

Dessa quadrilha que tá no governo, podemos esperar tudo, sempre o pior para o país.

Anônimo disse...

Não te surpreendeu o resultado de tua enquete abortiva?

Anônimo disse...

Sr Polibio Braga

Estou a espera da renuncia do sr toffoli e do satânico gilbertinho.
Estamos vivendo uma decadência ampla geral e irrestrita.
UM MUNDO MELHOR É POSSÍVEL
FORA PETRALHAS
FORA GAÚCHOS POLITIZADOS

Saudações

Anônimo disse...

Comenta alguma coisa sobre a Privataria Tucana ai!!!! Te calas pq???? Revista Veja e vc são golpistas!!!!!

Anônimo disse...

Quanta sujeira que tem esse governo de medíocres e para medíocres ...

As instituições sendo estupradas, as irmãs ética e moral sendo curradas, e a sociedade, bovina e mansamente, cala-se. Que povo mais submisso e vassalo !!!

Não tenham dúvidas : o Sr. Toffoli e nenhum dos outros ministrecos que os vigaristas petistas colocaram no STF se declararão impedidos de votar no caso do mensalão, e assim, esses bandoleiros saqueadores sairão do STF com um salvo-conduto assinado no mínimo por 8 ministrecos petralhas.

Deu no que deu, esse povo estúpido e imbecil conceder 12 anos de mandato para o PT. Bem feito, seus idiotas !!!

Anônimo disse...

Privataria, de FHC ou de 9Dedos e sua quadrilha?

Anônimo disse...

Olha aí uma PTRALHA as 01:38 da manhã, chegou do "enterro dos ossos"!

Anônimo disse...

Ainda é muit engraçado se falar em Privataria Tucana, pois estão com mais de nove anos no governo e até agora nada comprovaram. É porque não existiu nada de irregular mesmo ou é porque são mesmo uns incapazes?