Deputado Bolsonaro apela para Dilma: "Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma!"

- A comunidade gay e seus aliados, da mesma forma que outras minorias agressivas de drogados de todo gênero (marcha da maconha) avançam sobre a covardia moral, ética, legal e política da sociedade majoritariamente heterossexual e bem resolvida, tentando forçar a aprovação de regras legais para impor a aceitação incondicional da prática das suas licenças outsiders, imorais, anti-naturais e até ilegais. Basta fazer o seguinte raciocínio: caso alguém sonhe inventar um País apenas com esse tipo de gente, o País durará o período de uma única geração.  É isto que está por trás do discurso de Jair Bolsonaro, ao exigir que Dilma Roussef ponha um basta a esta medonha tentativa de impor a discussão do combate à homofobia nos currículos escolares.

O Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) criou nova polêmica na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira ao questionar a sexualidade da presidente Dilma Rousseff em discurso no plenário.
O parlamentar destacou que, em audiência na Câmara na terça-feira, representantes do Ministério da Educação teriam discutido a inclusão do combate à homofobia nos currículos escolares. Bolsonaro lembrou que a presidente Dilma tinha ordenado a não distribuição nas escolas de material relativo ao combate à homofobia, chamado de kit gay pelo deputado do PP e outros parlamentares evangélicos.
O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de 1º grau — afirmou Bolsonaro.

O pronunciamento de Bolsonaro foi retirado das notas taquigráficas pelo Deputado Domingos Dutra (PT-MA), que ocupava a presidência da sessão, a pedido do Deputado Marcon (PT-RS). Caberá agora ao Presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), decidir se o pronunciamento ficará registrado nos documentos da Casa.

* Clipping http://www.zerohora.com.br/

16 comentários:

Anônimo disse...

Bolsonaro pode ser politicamente incorreto, mas tem base no que fala e ele não se curva perante pautadores de opinião pública, não tem medo de covardes e diz o que muitos merecem ouvir. Se o Brasil tiver mais gente politicamente incorreta começaremos a fazer política de verdade, sem hipocrisia e sem cinismo onde os interesses da maioria prevalecerão sobre o de grupos ou de meros partidos políticos de cunho fanático.

Anônimo disse...

Ele vai atingir seu objetivo, que é o de mais uma vez chamar a atenção quanto a esse tal kit gay, que, convenhamos, é um absurdo. Agora, se ela é ou não é, isso é problema dela.

Anônimo disse...

Sujeito típico exemplar da direitalha jurássica conservadora e bolorenta.

Dalton disse...

Pena que o editor aí comete um erro clássico: a maioria da população mundial não é nem bem resolvida (em nenhum sentido, muito menos no sexual) e muito menos é hetero. Na verdade a classificação de orientação sexual é simplista e super valorizada. No mais, pessoas como Bolsonaro e Políbio, as verdadeiras minorias, são a prova de que estamos num estágio evoluído da democracia. Pelo simples motivo de que, se fossem maioria, os divergentes já teriam todos sido mortos.

Anônimo disse...

O kit gay aqui no RS vai ter muito uso pelo jeito, os defensores do mesmo chegaram a eleger uma anta aqui e uma toupeira em Brasília!

Anônimo disse...

Bolsonaro presidente para um Brasil descente.

Fernandez disse...

Políbio
Tenho amigos homossexuais que abominam estas paradas gays, kits gays, etc.
Segundo eles, isso aumenta, ainda mais, o preconceito contra eles.
Para ser respeitado, um gay não precisa andar esfregando a bandeira do arco-íris na cara do todo mundo, nem desfilar em paradas com atitudes provocativas, indecentes e muito menos fazer pregação a favor de sua opção sexual.
Ninguém é respeitado se não for respeitável.
Opção sexual é irrelevante.

Anônimo disse...

Não entendi direito o papo do Dalton. Se entendi, ele está dizendo que ser hetero já é minoria ? Que as pessoas não são resolvidas ? Olha meu caro, não julgue o mundo só pelas tuas medidas !

Anônimo disse...

Anônimo disse...
Sujeito típico exemplar da direitalha jurássica conservadora e bolorenta.

24 de novembro de 2011 22:37

E eu digo: Sujeitos típicos que querem impor sua outra condição aos que não a querem.

Anônimo disse...

Bolsonaro presidente!

Anônimo disse...

Discordo desta maneira de Bolsonaro usar as palavras, mas ele tem meu apoio na questão do kit gay.

Anônimo disse...

É já dizia o grande mago Jabour, teve época que ser viado era crime, depois a viadagem passou a ser tolerado, hoje é lei e amanhã será obrigatório todos terão que ter experiencias homo, nós eteros temos que morrer urgente ou dar um golpe neste país. edus

Anônimo disse...

Sou hetero e bem resolvido.
Não tem nenhum problema e nem me chama a atenção a existência de pessoas com orientação sexual diferente da minha. Ou, quem sabe, eu sou diferente.
Isso não faz diferença nenhuma para o nosso mundo. Tem pessoas boas em todos os setores da sociedade, assim como, pessoas podem ser boas ou más indiferentemente de suas orientações sexuais.
Mas não posso deixar de fazer uma observação:
TODOS AQUELES QUE ATACAM COM ÓDIO IRRACIONAL AS PESSOAS COM ORIENTAÇÃO SEXUAL DIFERENTE, NO FUNDO, NO FUNDO, SÃO GAY QUE NÃO QUEREM SE ASSUMIR. VIVEM DENTRO DO ARMÁRIO E SENTEM REPULSA AO SEU SEMELHANTE.
O Deputado Jurássico, que não passa de um factoide, é o maior exemplo que representa esta classe. Portanto, VIVA A ADVERSIDADE! E, meus queridos, assumam-se! Saiam do armário! Quem sabe assim, viverão sem tanto rancor.

Anônimo disse...

"...VIVA A ADVERSIDADE..."????...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Não seria "diversidade"? rsrsrs...

A PROPÓSITO: BOLSONARO PARA PRESIDENTE URGENTE !!!

DIGA NÃO A DITADURA GAY NO BRASIL !!!

PESQUISEM SOBRE COMO O JORNALISTA CRISTÃO JULIO SEVERO TEVE QUE SAIR DO BRASIL COM ESPOSA E 4 FILHOS PEQUENOS POR CAUSA DA PERSEGUIÇÃO QUE COMEÇOU A SOFRER POR PARTE DE MINORIAS RAIVOSAS E ARTICULADAS !!!

DÁ-LHE BOLSONARO !!!
DÁ-LHE SILAS MALAFAIA !!!!!!

Anônimo disse...

A colocação do "VIVA A ADVERSIDADE" não foi de toda ruim não...

Afinal, é na adversidade que temos o poder para debater...

Temos visto agressões contra homossexuais.

Ou seja... São uns, debatendo com a força e a superioridade de neandertais e, por outro lado, pessoas que só querem ser aceitas como são...as vezes, nem se manifestando, mas só estando ali... E são atacadas gratuitamente, muitas vezes por pessoas que precisam "confirmar mesmo" (e para os outros) sua heterssexualidade...para ver quão seguros de si essas pessoas são.

Então, é na adversidade, e na diversidade, que a gente vê, DE VERDADE, quem aqui é superior a quem...

É por isso que a evolução humana é lenta...

Anônimo disse...

Bolsonaro pra presidente!