sexta-feira, 3 de junho de 2011

Sete milhõers de livros do MEC ensinam que 10 menos 7 são quatro

O Ministério da Educação pagou R$ 13,6 milhões para ensinar que dez menos sete é igual a quatro a alunos de escolas públicas da zona rural do país. No segundo semestre de 2010, foram distribuídas com erros graves 200 mil exemplares do Escola Ativa, material destinado às classes que reúnem alunos de várias séries diferentes.

. Foram impressos ao todo 7 milhões de livros – cada coleção do Escola Ativa contém 35 volumes. Os erros foram detectados no início do ano, e um grupo de especialistas contratados pelo ministério julgou que eles eram tão graves, tão grosseiros e tão numerosos que não bastava divulgar uma “errata” à coleção.

. Segundo matéria do jornal O Estado de S.Paulo, os livros com erros foram distribuídos a 39.732 classes multisseriadas da zona rural, presentes em 3.109 municípios e todos os Estados do país. Segundo publicação do MEC, essas classes atendem 1,3 milhão de alunos.

15 comentários:

Cesar Augusto Ilgenfritz disse...

Vamos bem...

Anônimo disse...

Para procriar, receber bolsa familia, ter titulo de eleitor e votar nos PTRALHAS, matemática é desnecessário.

Os socialistas hão de concordar.

Anônimo disse...

caracas, a impressão de livros do MEC esta com uma cara de lavanderia daquelas, hein???

500 mil de um livro que ensina a falar errado..

e agora 7 milhões que ensinam a matemática "diferenciada"...

e tudo deve ir para o lixo!!!

e lava que lava!!!!!!!

Anônimo disse...

Isso está parecendo que os erros foram propositais para que outra impressão seja feita.
Será uma nova modalidade de "trabalho" das vossas excelências??
Abraços!
FAO

Surfista Prateado disse...

Olha, é o método Palocci de fazer contas, não há nada de errado!

Anônimo disse...

Achu uma baita injusticia u qui tãu dizendo do Ministériu das inducação, afinar fui eu, um dotô onoris calça, quim feiz a revizãu.

ass: muluscu

Anônimo disse...

É o apogeu da educação progressista de Paulo freire.
Bastiat.

Anônimo disse...

Mas quanto mais idiota e burra for a população, mais fácil é de se manter no poder.

Anônimo disse...

EU NUNCA VI MINISTRO MAIS INCOMPETENTE OU MAL INTENCIONADO DO QUE ESSE HADDAD.
DEU DE GOLEADA NO MAGRI EM BURRICE OU MÁ FÉ COM O POVO BRASILEIRO.
PARECE UM NORTE COREANO.

Anônimo disse...

Este é o "geito" PeTista de "faser" as contas...

Anônimo disse...

E’ a nova matemática do partidao, chamada matemática propinesca, assim 10-7: 4, sobra 1 para o meu bolso, não e’ mesmo …..

Anônimo disse...

Este maldito ministro da educação... amiguinho de empresários do RS, que sempre mamam nas bondades do governo, não vai cair????

Anônimo disse...

No 1984: 2+2 = 5..
Na 'ex'-URSS: 2+2 = 3 se o partido quiser.

Tudo que está acontecendo segue essa lógica para criar pessoas diferenciadas.

Anônimo disse...

FORA HADDAD!

Anônimo disse...

acho isso um absurdo porque não fiscalizaram o livro apos impressos ainda na gráfica ,fizeram isso, ou melhor perceberam quando os livros já estavam nas mãos dos estudantes como diz Boris 'ISSO É UMA VERGONHA' Nailton (estudante do ensino médio)Pombos _PE