OAB tira nota para protestar contra reforma da previdência

A OAB acaba de tirar nota para protestar contra a proposta de reforma da previdência. A OAB denuncia que a proposta agride direitos sociais.

CLIQUE AQUI para conhecer todos os argumentos.

11 comentários:

Anônimo disse...

Oabosta!

Anônimo disse...

Parabens OAB, isso ai ta nojento mesmo.

Unknown disse...

OAB... lixo!!!

Anônimo disse...

OAB e o deserviço ao país, Advogado de bandido (Setor Privado) e de Político (bandido do Setor Público) é o seguinte:

1. CÚMPLICE DO BANDIDO: Quando o cara quer fazer marakutaia, a primeira coisa que diz é: “Péraí que vou chamar ‘meu’ adcvogado.”

2. RECEPTADOR DE DINHEIRO DO CRIME: É claro que o bandido não vai trabalhar honestamente algum tempo para fazer dinheiro honesto só para pagar o advogado. Portanto advogado está recebendo dinheiro do crime.

3. LAVAGEM DE DINHEIRO: O dinheiro do crime recebido é lavado quando ele declara que “recebeu honorários advocatícios” (como se houvesse algo honorável nisso).

4. USO FRAUDULENTO DO EXERCÍCIO PROFISSIONAL: Aplica a competência e direito de exercício profissional a serviço da delinquência.

5. OBSTRUÇÃO DA JUSTIÇA: É claro que o que ele combina com o bandido no início é para dificultar para a justiça por a mão no bandido, isto é: o “cliente”.

6. CORRUPÇÃO: É claro que ele vai oferecer propina para o oficial de justiça, para o funcionário da vara de justiça para atrasar o processo, e mesmo para o juíz.

7. CHICANEIRO: Atualmente, o advogado de um sujeito sabidamente condenável, faz tudo para atrasar a lavratura da pena, e tudo para que a pena tenha sustentação discutível em segunda instância ou outra, de modo a obstar a punição e o ressarcimento da vítima.

8. DESLEAL COM AS VÍTIMAS: Quando a parte bandida perde a causa, o advogado do bandido procura o advogado da outra parte para recorrer em instância superior e “rachar” os honorários de ambas as partes.

9. INTERMEDIÁRIO ATRAVESSADOR: A “obrigatoriedade” de ter advogado – um para cada parte separadamente, introduz dois atores espúrios estranhos ao processo. Sim, se considerarmos que “o cidadão tem obrigação de conhecer a lei”, não deveria ser necessário, e muito menos obrigatório, o advogado. Essa imposição é o mesmo que o Judiciário estar exigindo um despachante de judiciário – um atravessador – no seu contato com o cidadão o qual, tendo pago seus impostos e, portanto, o salário dos funcionários e juízes, é instado a se entregar à extorsão de profissionais os quais, conceitualmente, são “para ser chamados” (ad vocatus). Com isso o Judiciário é cúmplice de um ato de extorsão e abuso de autoridade da função. Rigorosamente, o advogado deveria ser opcional e assessorar a parte, mas se mantendo à margem das relações da Parte com o Juíz.

Anônimo disse...

A nota da OAB é perfeita. Ao meu ver, o ponto de partida, ANTES da admissibilidade do Projeto de Reforma da Previdência , seria a criação de AUDITORIA, para verificar as contas da Previdência , se é deficitária ou não , as prováveis CAUSAS do deficit, etc,...Depois de tudo esclarecido, discutido, com transparência, e os resultados trazidos a público, poderia ser dado inicio à Reforma , no Congresso Nacional .!!!

Anônimo disse...

Lamachia, o quê a OAB tem a dizer sobre isto?


http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=70555825564

Anônimo disse...

A velha estória de "conquistas" e "direitos". Balela pura. Todo mundo sabe que previdência social custa caro, e que existem cálculos autuariais para definir as contribuições. É questão de matemática e demografia. Esta mais do que na hora de para de inventar direitos e conquistas, onde não existe a possibilidade de manter isto. Se outras nações já adotam os parâmetros que estamos buscando, porque só aqui estaríamos inventando uma roda diferente. Advogado (e eu sou um deles) é bom de argumento, mas quase todos, muito ruins de matemática. Se enrolam até num simples cálculo de pena. Quiçá em matéria desta ordem.

Mordaz disse...

Finalmente alguém se mexe contra esta barbaridade produzida por burocratas masculinos. Esta proposta é um engodo para negar direitos e deveres do estado.

samuel disse...

• Quando é que a OAB vai cobrar o fim de toda legalidade para combater as ilegalidades?
• Vocês acham que é a legislação que torna canalha um… canalha?
• É como um traficante ir ao legislativo cobrar que melhorem as leis sobre tráfico porque assim eles são obrigados a praticar justamente o tráfico…

Anônimo disse...

pobre oab....mais perdida que cego em tiroteio....

Anônimo disse...

Vc fez o exame ?
Passou ?