Cai mais um ministro de Dilma, agora foi a vez de Wagner Rossi, da Agricultura

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Wagner Rossi entregou a carta demissão na tarde desta quarta-feira, após denúncias veiculadas na imprensa na última segunda-feira. Reportagens revelaram que Wagner Rossi e um de seus cinco filhos, o Deputado Estadual Baleia Rossi (PMDB-SP), utilizam um jatinho pertencente à Ourofino Agronegócios para viagens particulares.

. Na carta, o Ministro enumera os feitos e diz que durante os últimos 30 dias, tem enfrentado várias acusações falsas, sem qualquer prova, que foram devidamente respondidas. Rossi diz também que tomou a decisão de deixar o governo após pedido de sua família, nesta quarta.

. O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), é o mais cotado para assumir a pasta da Agricultura.

. Com a demissão de Wagner Rossi, chega a quatro o número de Ministros que deixaram o governo Dilma. Antes dele foram para a rua Antônio Palocci, da Casa Civil - por não conseguir explicar um espantoso salto patrimonial - Alfredo Nascimento, dos Transportes - por ser conivente com um esquema de corrupção - e Nelson Jobim, da Defesa - por criticar publicamente o governo.

2 comentários:

ÁGUIA disse...

MINISTROS "DISTRIBUIAM RENDA"

A DAMA PRESIDENTE FALOU:

" NEGÓCIO,O DESAFIO É DISTRIBUIR RENDA"

OS MINISTROS DISTRIBUIAM RENDA DO PAÍS,MAS PARA SI MESMOS.

DILMA VAI LEVAR A CULPA POR NÃO TER EXPLICADO DIREITO.

Anônimo disse...

Nada melhor do que o tempo,para por as coisas nos seus devidos lugares.O Lula,o maior fanfarrão do periodo republicano,demonstra assim, ser tambem o maior trapalhão e irresponsável.A Dilma,se quiser salvar a honra do PT,terá demitir toda a cúpula do governo passado, que se manteve graças ao Salário Familia.