Artigo, Douglas Fischer,Zero Hora - A anistia e a impunidade

O autor é procurador regional da República na 4ª Região

Está em discussão no Congresso projeto de lei que anistiará a prática dos graves crimes de "caixa 2" e correlatos, inclusive a corrupção, justamente em momento que se pretende discutir como melhor punir tais delitos. Quer-se fazer o mesmo que ocorreu na Itália durante a Operação Mãos Limpas. Mais do que isso (e poucos notaram): foram criadas de forma disfarçada outras anistias pela tal "Lei de Repatriação", já agora em nova gestação, possibilitando familiares de "políticos" serem beneficiários. Um escândalo: "lei de lavagem de dinheiro oficializada", mediante alguns trocados de impostos (metade do que pagam os brasileiros honestos), imunizando-se criminosos de colarinho branco.

Nunca antes na história, esteve-se diante de tal oportunidade para, mediante o devido processo, punir eficientemente os que solaparam e continuam sangrando os cofres públicos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

10 comentários:

Anônimo disse...

Qual o n. do PL ?
Quem é o relator ?
Quem é o proponente ?
Câmara ou Senado ?
Qual a forma de a sociedade participar e evitar que seja aprovada ?
Enfim ...

Anônimo disse...

Esse é outro, cujo interesse é que seja aumentada "impunidade dos outros" e "diminuída a impunidade dos Procuradores do MP/MPF e dos Juizes", ou seja, as "autoridades" do MP/MPF e Judiciário não querem responde pelo "crime de abuso da autoridade", mas o guarda de transito, o brigadiano, o policial civil que são "agentes da autoridade" vão continuar responde pelo Crime de "abuso da autoridade".

Anônimo disse...

Espero que a justiça venca essa guerra, pois nesse momento tenho a impressão que se o povo não for para as ruas novamente, essa batalha foi perdida.

Anônimo disse...

Uma ORCRIM só para Amin. Outra cria do demo, o deputado Esperidião Amin (PP-SC), está propondo impor nas dez medidas um limite de seis meses no período de investigação de crimes praticados por políticos com mandatos. É a Emenda Amin. Perguntado a quem interessa a emenda, ele respondeu: A mim!!

Anônimo disse...

Fico emocionado quando vejo ou leio alguém da justiça falar contra os corruptos. É muito fácil alguém ficar com o "cú na mão atrás da mesa" com um polpudo salário de marajá falar ou julgar quando se tem um salário não moral com a desculpa que estudou ou para não ser corrompido.
Parece até que corrupção nunca existiu nesta latrina chamada "brasil"!
As leis estão ai faz milhões de anos e pelo que me parece já foram criadas com a mais restrita perfeição sem nunca em 1500 anos alguém precisar melhorar nada.
Agora a justiça busca punir crimes desde que a ditadura foi embora. Daquele tempo até hoje onde estava a justiça que nunca viu isso ou foi conivente?
Dessa meia dúzia de gente que foi presa pela operação lava-jato me mostre alguém muito preocupado em perder alguma coi$a?
O único meliante que eu vi até hoje gritar que iria perder alguma coisa foi o ex-governador garotinho, a vida. Fora esse show pirotécnico não vi nenhum preso chorar por perder seus bens ou grana.
Essa justiça tão justa sabe me responder?
Ontem domingo vi a reportagem sobre pensão alimentícia, me revoltou, me enojou. Essa latrina nunca sera país de primeiro mundo.
A polícia cívil logo ela conivente com muito crime por ai e cheia de corporativismo dando showzinho em horário nobre como se tivesse moral.
Pergunto para a justiça justa por que o modus operandi é diferente com os políticos?
Por que não chegaram no apartamento de Sergio Cabral metendo o pé?
Ah claro o apartamento era em bairro nobre e o cidadão, o pai de familia que devia pensão ficava na periferia.
Os políticos roubaram bilhões de dólares dos cofres fazendo com que a máquina inútil do governo travasse mais que o normal assim matando o povo na porta do SUS sem medicamento sem médicos e matando o povo na rua sem segurança pública, esses sim é que deveriam ir para cadeia como marginal e não um pai de família que tenta ganhar a vida nessa latrina onde existem 15 milhões de desempregados por culta desses políticos.
Onde estava a justiça justa que desde a ditadura nunca prendeu um sarney, um magalhães se quer?
A justiça justa criou as 10 medidas e assim apoiada pelo povo.
Pelo que li sobre as 10 medidas e vi na tv é revoltante o que diz ali, aquelas medidas são coisas para estagiário fazer em TCC.
Punição de 2 a 5 anos para quem roubou mais de 10mil salários mínimos? No mínimo é um deboche ou quem fez não tem noção o que é 10mil salários mínimos.
Espero que esses políticos e esse pessoalzinho da justiça nunca acorde pois o dia que isso acontecer poderemos começar a ser um país.
Torço para que essa latrina só afunde!!

Anônimo disse...

Realmente.

Assim como o caso citado, também sangram os cofres públicos o auxílio moradia pago de forma ilegal e imoral.

Da mesma forma sangram os cofres públicos o pagamento retroativo da conversão da URV a magistrados, os quais no caso do RS não precisaram devolver o numerário por ocasião do julgamento do mérito porque "receberam de boa-fé", quá, quá...

Assim será com o auxílio moradia, podem anotar, quem viver verá!

Por ora, vamos parar de demonizar o legislativo e pregar moral de cuecas em cima dos outros.

ganhatudo disse...

Se supõe que o MP deseja as DeSmedidas pois a inexistência delas é prejudicial a investigação Lavajato e/ou qualquer outra.
Será isto verdade?
Acho que não. As leis existentes foram suficientes para a realização de todas investigações já feitas. As leis existentes foram suficientes para decretação de todas prisões temporárias, preventivas e expedição de todas mandados judiciais.
As leis existentes foram suficientes para todas denúncias já feitas pelo MP.
As leis existentes foram suficientes para o processamento e julgamento de um sem número de réus e inclusive a condenação daqueles contra quem se apresentou provas da ação delituosa.
As leis existentes foram suficientes, inclusive, para que a condenação fosse confirmada em Segunda Instância.
Para que mesmo o MPF quer as DeSmedidas? Só pode ser para ampliação do seu projeto de poder.
Vejo com um grande risco para a sociedade brasileira.
A quem mesmo interessam as DeSmedidas?
Será que o MPF ao propor as DeSmedidas agiu como boi de piranha?

Anônimo disse...

É tudo corja!!
A justiça dá uma de mocinho mas por trás esta junto com bandidos, o dinheiro que se foi não vem e quando volta é minguado.

Anônimo disse...

este papinho é convera fiada d esquerdalhas nanicos , de deputadospilantras e de renan canalheiros que querem colocar a culpa da sua roubalheira em cima da justiça ora ora a justiça ja tem lei que a pune,quem vai pra cadeia sao os politicos ladroes e nao a ajustiça quem nos assaltou foram os politicos e nao a justiça, saiam fora malditos politicos voces nao vao passar por cima do povo e nem da justiça -abusados sao vcs politicos que se escondem atras do foro privilegiado

PADilla Professor LUiZ Roberto Nuñes PADilla disse...

Muito bem colocado pelo Douglas! "Quem não pune o mal o está incentivando!"
Leonardo Da Vinci,
https://docs.google.com/document/d/1hrYl7B9mZjEHsPSPOQopLcQkgoIFYdp6C1QUt0PDHqQ/pub