domingo, 18 de dezembro de 2011

Cresce pressão sobre Tarso: deputados do PP e PMDB unem-se para exigir manifesto do Legislativo em favor do piso do magistério

Os Deputados Frederico Antunes (PP) e Edson Brum (PMDB) decidiram neste final de semana que na próxima terça-feira, durante reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, irão colher assinaturas dos colegas para um manifesto oficial do Parlamento pedindo que o governo do Estado apresente oficialmente, ainda este ano, o cronograma de pagamento para o piso do magistério.  

. O Governador Tarso Genro foi quem criou o piso nacional quando Ministro da Educação, o que criou embaraços tremendos para a governadora Yeda Crusius, fornecendo munição eleitoral de peso para as campanhas do Cpers e do PT contra o Piratini. O próprio Tarso, candidato contra Yeda, transformou o piso em bandeira de campanha, jurou implantá-lo ao Cpers, que o apoiou na campanha. Agora, no governo, nega-se a implasntar o piso, usando os mesmos argumentos de Yeda, que eram corretos na ocasião, mas que o PT teimou demagogicamente ignorar.

6 comentários:

Anônimo disse...

esse episodio ai eh petismo em estado puro e explicito...

eh bom ate tirarem as crianças da sala, pois as cenas de sacanagem explicita que esse partido protagoniza na politica brasileira são impactantes...

na oposição são contra tudo e todos...

quando pegam o governo, só dão razão para os seus adversários que foram difamados e demonizados...

e contam com a imbecilidade e a idiotice do eleitor brasileiro, que eh péssimo de analise e pior ainda de memoria...

Anônimo disse...

pp e pmdb. O que é isso???

Anônimo disse...

Caro Políbio:

De fato, quando da aprovação da lei que instituiu o piso nacional para o magistério, um dos signatários da mesma, como ministro que era, foi o atual inquilino do Palácio Piratini. Agora que aguente o ferro e prove do próprio veneno. Chega de enganação. Areia nos olhos da grande Governadora Yeda era colírio. Pena que muitos professores estejam mal informados.

Aquiles disse...

Os professores não merecem aumento algum.

São um segmento do funcionalismo público que só tem prejudicado e atrasado o Estado do RS com seu apoio teimoso, obstinado e histórico ao PT, especialmente a figuras deploráveis e repulsivas, como Olívio Dutra (pior governo da História do RS botocudo) e de aTra$o Genro, maior estelionatário político da História do RS botocudo, ao lado de Olívio obviamente.

Pois pariram Matheus, que agora o embalem.

Luiz Vargas disse...

Dá para acreditar naquilo que um PeTralha diz?
Dá para acreditar naquilo que um PeTralha assina?
Por não conhecerem honra e caráter PeTralhas com sede de poder e ambição desmedida fazem qualquer coisa, inclusive enganar ao empenhar a palavra ou assinar documentos.
O queijo está quase acabando e os ratos PeTralhas já dão sinais que se devorarão entre si.

Anônimo disse...

É, Políbio, o RS merece mesmo este (des)governo ... E os professores, mais ainda, os maus tratos impingidos por este partido. Lamentável é constatar que em 2012 essa esquerda mentirosa e embusteira conquistará várias prefeituras no interior, prontas para "patrolar" as eleições de 2014. Anos de atraso esperam pelo RS, a conferir. Mas enquanto tivermos a semana farroupilha e seus transbordamentos ufanistas, tudo bem para o eleitorado embretado pela mídia poderosa da RBS ...