quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Tribunal julgará Deputado Bordignon na segunda e depois na quarta-feira

Caso um dos dois julgamentos a seguir resultem em condenação, o Deputado Daniel Bordignon, líder da bancada do PT na Assembleia, ex-prefeito de Gravataí e considerado por ele mesmo como "Mito do Vale", poderá perder o mandato e não poderá disputar novamente as eleições do ano que vem e ficará na marcação com ficha suja. Os dois julgamentos ocorrerão no Tribunal de Justiça.

. Conheça os dois casos:
52 violações da Lei de Responsabilidade Fiscal - Na segunda-feira, o Pleno do Tribunal (24 desembargadores) examinarão a ação penal movida pelo Ministério Público Estadual. O ex-prefeito Bordignon é acusado de cometer 52 violações da LRF, já que deixou restos a pagar sem provisão de dinheiro em caixa. Trata-se de crime.

Nomeações:
Apelação - Na quarta-feira, será a vez da 1ª Câmara Civel do Tribunal de Justiça - A apelação refere-se à condenação em primeiro grau, que resultou na cassação dos direitos políticos de Bordignon, o que o impediu de disputar a eleição para Prefeito de Gravataí em 2008. Ele conseguiu suspender a sentença no primeiro grau, o que permitiu sua eleição para Deputado, mas o caso terá decisão final nesta quarta-feira.

2 comentários:

Anônimo disse...

Judiciário condenando petralha no RS??? piada pronta...kkkkk Caro Políbio gostaria de estar enganado, mas não vejo possibilidade, só se o PT já tiver alguém muito importante na fila e solicitar ao "judiciário" que faça o serviço sujo para manter suas mãos limpas... Do contrário é Bordignon na cabeça... E ainda vão pedir danos morais... Se a justiça funcionasse como deveria juízes honestos não seriam mortos a tiros na porta de casa. O judiciário chancela a corrupção e a sacanagem por uma partidinha de golf, viagem... esquecem que o mundo é um só e o futuro depende exclusivamente do presente...

BEATRIZ disse...

MAS ESTE NAO E O CARA QUE ACUSOU O GOVERNO YEDA O TEMPO TODO? BEM FEITO CADEIA NESTA QUADRILHA...