segunda-feira, 17 de abril de 2017

Temer admite saída imediata de ministros sob investigação

O presidente Michel Temer admite que "alguns ministros"poderão deixar os cargos.

7 comentários:

Anônimo disse...

PASSEATAS E PROTESTOS DA TURMA FANTASIADA DE VERDE E AMARELO certamente vai invadir as praças!

Ah não! Tinha me esquecido! É só quando é o PT!!!!

Quando são os outros partidos aí a bandalheira pode correr solta!!!!

Anônimo disse...

Ele mesmo poderia deixar o cargo, faria um bem e tanto para a nação, que não quer mais PMDB-PT.

Anônimo disse...

Agora que o traíra foi pego na mentira?... Segundo peritos da empresa Truster Brasil, que fez um teste por meio de detector de mentiras em Márcio Faria da Silva, ex-presidente da Odebrecht Engenharia Industrial, o delator falou a verdade quando relatou que teve um encontro com Michel Temer para acertar propina de US$ 40 milhões para o PMDB a fim de garantir contratos da Petrobras; a reunião, segundo Faria, ocorreu no escritório em São Paulo do então candidato a vice-presidente em julho de 2010 e foi comandada pelo próprio peemedebista; em nota, o Planalto afirmou que Temer "jamais tratou de valores com o senhor Márcio Faria", e que a narrativa é "baseada em uma mentira absoluta"; como se pode ver, o teste confirma que Temer mentiu

Anônimo disse...

Tantas e tantas postagens e nada do PRIMO, nosso campeão.

Alberto disse...

Admite porcaria nenhuma. Essa corja não vai largar o osso!

Anônimo disse...

fomos as ruas e corremos com o pt nanico, o temer vai depois- afinal foi aliado do pt anos e anos, quem votou em temer foi o pt

Anônimo disse...

sabemos q temer era sujo afinal foi vice da bandilma, ele só está la porque a bandilma cometeu grave crime, mas a hora dele vai chegar