A comédia da opereta dominical acabou

O criminalista Amadeu Weinmann acha que ao fim e ao cabo, neste final de domingo, vale repetir  a frase final da Ópera Il Pagliacci, de Ruggero Leoncavallo:

- "... Enquanto a multidão recua horrorizada, o enlouquecido e exausto Canio fala: "E finita la comedia".

Foi o que aconteceu, hoje, nesta opereta da política nacional.

A comedia acabou.

Pelo menos por hoje.

O editor voltará amanhã.

A menos que o desembargador Rogério Favreto consiga produzir seu quarto ultimato do dia.

21 comentários:

Anônimo disse...

Ópera bufa no Brasil tem de ter petralha na regência.

Anônimo disse...

Acompanhei tudo por aqui, excelente cobertura, bom descanso.

Unknown disse...

Esse desembargador é vergonhoso.

ebuenogm disse...

Ao fim e ao cabo, os palhaços somos todos nós...

ebuenogm disse...

O lulopetismo é o que há de mais podre neste país de podridão ampla, geral e irrestrita.
Já passou da hora de uma grande faxina.

Anônimo disse...

Não acabou não, pois ela está no Planalto. Kkkk

Anônimo disse...

pagliacci
siamo tutti noi
i brasiliani

Anônimo disse...

Jungmann diz que Flores mandou PF descumprir ordem de Favreto até que desse “um jeito”

FERNANDO BRITO · 08/07/2018

Ouça este conteúdo Audima
jungwhatt

O Ministro da Segurança Pública – que tem a Polícia Federal sobre seu comando – Raul Jungmann, disse no Whatsapp, que “o presidente do TRF-4 [Carlos Eduardo Thompson Flores] determinou ao super (intendente) da Policia Federal o não cumprimento da nova ordem [para soltar Lula] do [desembargador] plantonista [Rogério Favreto] até a chegada de sua nova decisão/despacho”.

Inacreditável, mesmo para quem se acostumou a ver de tudo, nos últimos anos.

O presidente de uma corte federal ligando para um delegado da Polícia Federal mandando descumprir uma ordem judicial até que ele “desse um jeito” de, numa manobra jurídica, emitir uma ordem que a sustava, com fundamento jurídicos para lá de duvidosos pois, no mínimo, era questão a ser analisado pelo conjunto de desembargadores do TRF-4.

Chegamos à confirmação paroxismo mencionado pelo ex-promotor Lênio Streck, em manifestação ao Conjur: “Estranho que Moro diga que recebeu orientação do presidente do TRF hoje. Por escrito? Nos autos? Por telefone? Há muita coisa ‘extra-autos’ aqui”.

Que podemos imaginar que um presidente de Tribunal faça, aceitando isso? “Segura ele aí, que vou dar um jeito“?

Isso é coisa de um século atrás, quando juiz da roça e delegado combinavam um “deixa ele preso aí”.

Pior, até, porque o juiz da roça não ia mandar descumprir ordens “da capital”.

É preciso mais para dizer que se formou uma promiscuidade judicial-policial que se adonou da lei.

Podia ainda haver juízes em Berlim, como na história clássica do moleiro de Sans-Souci, onde os magistrados decidiram contra o Rei.

No Brasil, não há mais, porque um facínora que telefona a um delegado mandando descumprir ordem judicial pode ocupar a chefia de um tribunal Federal.

Para servir a Frederico Moro da Prússia moeram a decência.

Anônimo disse...

Seo Polibio, a alguns anos atrás a rede sem nome, apresentou uma telenovela por mais de um ano. O povo começou a chamá-la de "a interminável...." TEMOS AGORA ESTE PORRE interminável.... até quando???

Sinpf disse...

Esse esse desembargador não passa de um Tiririca!!!
hehe

Anônimo disse...

Ou seja, se algum inocente acreditava que está prisão (de Lula) não era política e desdobramento de um golpe contra a esquerda e o PT, a partir se hoje perde a inocência.

Anônimo disse...

É de fato pegou mal essa dobradinha.. moro/trf4....

Anônimo disse...

Toda essa movimentação para manter o Lula preso, só reforça a alegação da defesa e dos petistas, de que Lula sofre uma perseguição política e judicial. Nos últimos tempos, houve vários habeas-corpus concedidos para presos da Lava-Jato, e não vi todo esse "desespero" para derrubar nenhum desses habeas-corpus.

Anônimo disse...

O negócio com o Lula é pessoal. O empenho em manter ele preso é algo nunca visto por nenhum jurista. Esse episódio todo serviu para desgastar e expor mais ainda os juízes golpistas. Até alguns coxinhas já estão acordando, olha o comentário de um deles: "Estranho, muito estranho esse esforço de manter Lula preso. O cidadão que tem pelo menos um neurônio deveria analisar esses interesses escusos. Caramba! o que leva um juiz de férias interferir na decisão de outro julgador? Por acaso ele e o MPF não pode recorrer depois da soltura? De que tem tanto medo?"

Heloisa disse...

Este absurdo que vivemos no dia de hoje deve ser incompreensível para habitantes de paises civilizados. José Dirceu está por trás de tudo isso. Lembrem-se que logo após a sua última soltura o país quase quebrou com o caso dos irmãos Wesley e Joesley. Ninguém me tira da cabeça que o mentor é ele, com seu cérebro maligno.

Anônimo disse...

É mais um capítulo da ópera bufa que nomeou Lulla como "ministro"

VIVA MORO.

GRELO DURO disse...

Políbio, impressiona como teu blog é visitado pelos capangas do super gatuno que assaltou o país. E estão todos histéricos por terem levado mais uma bucha do TRF4.

Anônimo disse...

Creio que o PT não contava com a eliminação da seleção.

O sonho acabou.

Como um juiz concede o habeas corpus se nem o STF liberou o condenado?

Anônimo disse...

Bolsonaro foi o maior vitorioso nesse domingo. Essa palhaçada vai levá-lo ao Palácio do Planalto mais rápido do que muita gente pensa.

Anônimo disse...

Este Desembargador há de ser afastado da Justiça!!! O que fez é muito grave para passar impune.

Anônimo disse...

Parabéns Polibio! Fez excelente cobertura dos fatos, informando ao leitor de tudo que estava ocorrendo em tempo real. Ontem às redes sociais pipocaram, o povo está de olho e quer que se faça justiça. Nada de impunidade.