Dossiê sobre o ator José de Abreu é escabroso

Brasília, WhatsApp

O deputado Sóstenes Cavalcanti, DEM do Rio, vai divulgar escabroso dossiê sobre as verbas arrecadadas pelo ator lulopetista José Abreu no ministério da Cultura, tudo à época dos governos Lula e Dilma.

José Abreu é ator da Rede Globo.

26 comentários:

Mordaz disse...

Nada comparado ao Temer estar ainda na presidência.

Mordaz disse...

Líder do PMDB na Câmara avalia tirar Zveiter da CCJ. Troca evitaria que ele fosse escolhido como relator em uma possível 2ª acusação. E o Políbio preocupado com o ator lulopetista José Abreu enquanto bilhões são usados para obstruir a justiça como nunca visto no mundo.

Anônimo disse...

Para recordar , o ator José de Abreu , petista e amigo de Lula e Dilma , é a pessoa que costuma cuspir em oponentes políticos. Além de cuspir, José de Abreu foi beneficiado com polpudos recursos da Lei Rouanet , nos governos petistas. !!!

Anônimo disse...

Dossiê não era coisa de petista aloprado?

Anônimo disse...

Para defender como ele defendia o PT é claro que havia algum pagamento. Aliás, muita gente "boa" também defende Temer, não é mesmo ?

Anônimo disse...

Mais um que vai se mudar pro exterior, se o tempo permitir, claro.

Marlene Gazzana disse...

Sempre se desconfia do 'rabo' dos fãs petistas Nunca nada é gratuito, sempre tem dinheiro envolvido

jorge.alves ribeiro disse...

E alguém tinha alguma dúvida porque ele é um ferrenho defensor dos PTralhas?

Anônimo disse...

Polibio, publique logo esse dossiê de verbas (ou melhor, de apropriação indébita de dinheiro da saúde, educação,...) por um PeTralha cuspidor, pelamordedeus.
Vai ser mais um festival de horrores patrocinado pelo partido das trevas-pt, mas pago por nós.

Anônimo disse...

Esse aí, não é o cuspidor?

Anônimo disse...

Anônimo das 16:41 hs, volte a comentar se nos desgovernos do PT não houve alguma troca em algumas Comissões, esse recurso é regulamento, se não houve, eu poderia dar-lhe razão, caso contrário posso dizer que"Pimenta nos olhos dos outros é refresco.se estão dodói agora, pense se vcs não fizeram outros sofrerem com medidas análogas.

Anônimo disse...

Acostume-se!! Temer só sai, para o bem do país, em janeiro de 2019!! E a corja lulista já era...

Anônimo disse...

Mordaz sabe das coisas, FALA em bilhões! Talvez poderia nos dizer quantos destes está em Cuba? Algum país africano e na Venezuela esperando Dirceu ou Lula irem busca-lo, né Mordaz?


Anônimo disse...

BOMBA: CUNHA CONTA QUEM RECEBEU PARA VOTAR PELO GOLPE:

Trecho da delação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que revela os deputados federais que receberam dinheiro para votar a favor do impeachment de Dilma Rousseff já teria sido aceita pelo Ministério Público Federal; segundo o jornalista Ricardo Noblat, do Globo, Cunha, que está preso desde outubro do ano passado, "não se limitou a dar os nomes – a maioria deles do PMDB. Citou as fontes pagadoras e implicou o presidente Michel Temer. Reconheceu que ele mesmo em alguns casos atuou para que os pagamentos fossem feitos".

14 DE JULHO DE 2017

247 - Um trecho da delação de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) tem assustado seus ex-colegas na Câmara dos Deputados.

É o que revela os deputados federais que receberam dinheiro para votar a favor do impeachment de Dilma Rousseff, em abril do ano passado, quando Cunha presidia a Câmara. A denúncia, que consta na proposta de delação, já teria sido aceita pelo Ministério Público Federal.

Segundo o jornalista Ricardo Noblat, do Globo, Cunha, que está preso desde outubro, "não se limitou a dar os nomes – a maioria deles do PMDB. Citou as fontes pagadoras e implicou o presidente Michel Temer. Reconheceu que ele mesmo em alguns casos atuou para que os pagamentos fossem feitos".

Noblat diz ainda que Cunha "contou o que viu e acompanhou de perto e o que ficou sabendo depois. Não poupou nem aqueles deputados considerados mais próximos dele", uma forma de retaliar os que o abandonaram numa hora difícil - ele teve seu mandato cassado por 450 votos.

O acordo de delação premiada de Cunha, que é feito simultaneamente ao do operador Lúcio Funaro, que também está preso, podem servir de base para uma nova denúncia contra Michel Temer, a ser apresentada pela Procuradoria Geral da República.

A denúncia de Cunha sobre o impeachment só comprova ainda mais que tudo não se passou de um golpe.

PS1: Ou o Cunha Delata agora enquanto o PGR é Janot ou nunca mais.

Anônimo disse...

PRESIDENTE DO BNDES DIZ NÃO TER ENCONTRADO IRREGULARIDADES DA GESTÃO PETISTA:

Questionado sobre o que encontrou no BNDES, ao assumir a presidência do banco há um mês e meio, o economista Paulo Rabello de Castro diz ter encontrado "muito talento" e desmistifica o que ele chama de "ranço" de "brasileiros que se dizem liberais" contra o que eles consideram ser "fomento demais, desenvolvimento demais"; ele rebate afirmações de Marco Antonio Villa, da Jovem Pan, de que o negócio do banco com a JBS tenha dado prejuízo; "Você é um historiador, não pode ficar falando as coisas como está falando aí pelo microfone sem fazer uma investigação", disse.

14 DE JULHO DE 2017

247 - Há 45 dias na presidência do BNDES, o economista Paulo Rabello de Castro divulgou nesta sexta-feira 14 o "Livro Verde", no qual traz balanços das atividades do banco entre 2001 e 2016.

Em uma entrevista concedida à rádio Jovem Pan nesta quinta, ele disse não ter encontrado irregularidades dos governos petistas à frente da instituição e desmistificou o que chamou de "ranço" de "brasileiros que se dizem liberais" contra o que eles consideram ser "fomento demais, desenvolvimento demais".

Questionado inicialmente sobre o que encontrou no BNDES, quando foi nomeado para o cargo pelo governo Temer, Rabello disse ter encontrado "muito talento" por parte dos 2,8 mil funcionários. Ele também declarou que não precisou "botar ordem em esculhambação nenhuma" quando assumiu o cargo. "Nada me surpreendeu", afirmou.

"O tamanho do BNDES está sendo objeto de muita controversa. As pessoas começam a achar que temos fomento demais, temos banco de desenvolvimento demais. Alguns brasileiros que se dizem liberais chegam a dizer que nós temos desenvolvimento demais, porque há uma atitude muito rançosa em relação ao nosso País e que vaza para um certo desânimo, um certo desalento, e quase que um certo desalento profissional", afirmou.

Em seguida, questionado por Marco Antonio Villa, crítico ferrenho de Lula e do PT, sobre financiamentos relacionados a operações realizadas nos governos petistas, como a do Porto de Mariel, em Cuba, e à JBS, dos irmãos Batista, que segundo Villa, deixaram grandes prejuízos ao banco, ele rebateu:

"Você vai me prometer uma coisa: vai ler as 200 páginas [do Livro Verde]. Você é um historiador, não pode ficar falando as coisas como está falando aí pelo microfone sem fazer uma investigação". Em seguida, o economista ressaltou que o comportamento do BNDES é "absolutamente ético e exemplar".

De acordo com o novo dirigente do banco, a JBS é "um dos negócios mais bem bolados e bem sucedidos da BNDESPar", braço de participações da empresa. Rabello de Castro rebateu as informações de Villa e destacou que o resultado líquido das operações do BNDES com a JBS até dezembro tinha sido positivo em R$ 3,56 bilhões - o banco colocou R$ 8,1 bilhões na empresa.

PS: Cala boca do fascista de plantão e dos neo nazistas do blog.

Anônimo disse...

Lixo petista... Espero que vá preso...

Andréa disse...

E assim mesmo, comunista defende projetos sociais Lafarwe State mas eu estou pra conhecer um que usa os próprios recursos e tempo em detrimento do outro, eles querem é se beneficiar, em 20 anos que eu tenho de projeto, de Petistas, inclusive minha irmã que eu amo muito, qdo se trata de ajudar pobres ela fica uma fera e acusa a pessoa de todas as formas, tudo que se faz a favor de crianças e idosos e outros só tem o.Apoio da Direita,a esquerda convida para se fingir de sem teto em lAVRAS

Anônimo disse...

Amigo. enguanto o temer rouba milhoes juntamente com padilha Juca Renan e muitos outros .se preocupar com ator de meia tigela. e querer tapar o sol com a peneira.

Anônimo disse...

E o temer.Padilha .Renan .Juca. Cunha Loures .olha tá difícil de lembrar de todos os ladrões. Pobre Brasil acabou faz tempo .só vocês não sabem.

Anônimo disse...

E o temer.Padilha .Renan .Juca. Cunha Loures .olha tá difícil de lembrar de todos os ladrões. Pobre Brasil acabou faz tempo .só vocês não sabem.

Unknown disse...

Esquerdalha caviar!!!

Anônimo disse...

Era.

Justiniano disse...


Esse não deve ser mortadela e sim presunto cru espanhol tipo Jamon Pata Negra,
regado com vinho Domaine de la Romanée-Conti da adega do Lula.

Falando em adega se o sítio de Atibaia não é dele, quem é o dono da adega que tem no sítio onde estão vinhos finíssimos como uma garrafa de Château Petrvs, que poder chegar a R$ 35 mil.

Certamente ele será um da tropa de choque contra a prisão do seu amestrador.

Carlos Mota disse...

Os abestalhados, cornos e imbecis petistas querem justificar o roubo dos canalhas da esquerda com o roubo dos canalhas da direita. Aliás, nem FHC nem Temer são de esquerda; o partido deles têm na sua essência a esquerda: por isto, TODOS ladrões!! E estes abostados defensores que aqui se manifestam são um bando de hienas: vivem rindo, comem merda e trepam uma vez por ano.

Anônimo disse...

Não senhor vi a entrevista e ele disse ..se houve outras operações não sei....

Anônimo disse...

Tudo nos governos petistas