RS quer prorrogar presença da FNS no RS

Os homens da FNS formam uma espécie de batalhão invisível no RS.

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, irá a Brasília na próxima semana. Pretende se reunir com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, para pedir a permanência, por tempo indeterminado, dos 200 integrantes da Força Nacional que auxiliam a Brigada Militar nas ações de segurança pública na capital gaúcha.

Pelo convênio inicial, o efetivo deveria deixar o Rio Grande do Sul em julho.

Um comentário:

Anônimo disse...

A verdade sempre aparece, só serviu encher os bolsos de diárias, enquanto a BM e PC resta trabalhar e ser criticada por tudo. E a droga e armas tem entrada livre no pais. Chame os camisas negras quem tem solução para tudo.