Perondi diz o que acontecerá com a denúncia da PGR contra Temer: "Não passará na Câmara"

A denúncia feita ontem pela PGR contra Temer será encaminhada pelo STF para a Câmara dos Deputados. Ali, o caso irá diretamente para a Comissão de Constituição e Justiça, antes de seguir para o plenário, onde sairá a decisão de autorizar ou não a instauração do processo na Cote Suprema.

Esta manhã, o deputado gaúcho Darcisio Perondi, que integra a CCJ, disse ao editor que a denúncia é inconsistente e se baseia em provas obtidas de modo ilegal:

- Não passará.

A denúncia precisará de 342 votos, 2/3 da Câmara, para passar.

7 comentários:

Unknown disse...

Prefiro Cármen Lúcia: "Não passarão"!!!

Anônimo disse...

Perondi também está com os dias contados. O povo de Ijuí/RS saberá dar a resposta nas urnas.

Anônimo disse...

Perondi está caquético e não enxerga o óbvio ululante ante seus olhos - deve também ter o rabo preso.

Anônimo disse...

Incrível a 'moral transitória' (nas palavras de Kant) de algumas pessoas e jornalistas. Para este filósofo, que critica a 'moral transitória', a moral pessoal de alguns indivíduos varia conforme a circunstância. Isto é quase uma repetição de Maquiavel 'aos amigos os favores, aos inimigos, a lei'.
Alguns que bradavam (corretamente, diga-se) pela aplicação de lei antes, agora acusam as instituições de serem golpistas (usando os mesmos argumentos do Pt).
Realmente incrível!
Aristóteles escreveu o livro 'Ética a Nicômaco' antes de 'A Política', pois compreendia que a ética precede a política.
Então, antes de nos preocuparmos com a questão partidária, deveríamos seguir o farol da lei e da ética!
E esses que possuem corrupto de estimação serão lembrados em 2018.

Anônimo disse...

Muito oportuna a manifestação do anônimo das 10:29.

Anônimo disse...

Parabéns a Câmara. Golpe baixo e sem provas não passará. Força Temer!!!

Anônimo disse...

Não passarão e eu passarinho (mario quintana).......