Veja diz que futuro do governo Temer depende do TSE

Se tudo depende do TSE, nada depende do TSE.

A revista Veja que já está nas bancas, dedica todas as chamadas principais de capa para tratar da crise causada pela revelação das delações, grampos e documentos relacionados com o Caso JBS.

A crise política decorrente sobretudo do grampo aplicado por Joesley Batista sobre Temer, fizeram estremecer as bases do governo e por pouco não o derrubou. Este risco ainda existe, mas Temer conseguiu circunscrever a crise, já que impediu a debandada iminente e  reagrupou praticamente toda a base aliada, prosseguiu avançando com as reformas no legislativo e termina a semana com o apoio desse ente aparentemente invisível, o mercado, e com ganhos no embate que trava com seu principal algoz, o procurador Ricardo Janot, e com a oposição tresloucada que voltou a mostrar a cara nas ruas de Brasília.

Somente um escândalo novo de proporções iguais ao da JBS poderá mudar o cenário em desfavor do governo Temer, que visivelmente sangra, mas que demonstra ter muito mais fôlego do que tinha Dilkma nos seus piores momentos.,


8 comentários:

Anônimo disse...

Muito fraca a acusação, ainda mais tendo sido feita de uma forma covarde.

Unknown disse...

Até quando Veja e Folha de SP vão balizar as discussões conjunturais, no Brasil???

Anônimo disse...

Mas agora está claro o que JANOT, DELTAN e alguns Ministros do Supremo, que agora se consideram políticos, estão tentando implementar, ou seja, derrubar o governo TEMER, que fique bem claro, governo este que tem sérios problemas, mas ruim com ele, pior sem ele, pois agora que o país, iniciava uma lenta, mas uma recuperação e que propiciaria o que mais interessa à população honesta, ou seja emprego, para sustento de sua família, vem este golpe, pois, vídeos e áudios que depois de divulgados, é que serão objeto de perícia por parte da POLÍCIA FEDERAL, estão brincando de investigar, e seu JANOT, pois, o considero um bandido, tem claramente intenção de se candidatar ao governo de MINAS GERAIS, e outra coisa, sempre aliado do PT, foi militante do PCdoB. Outra coisa, o grupo cresceu durante os governos petistas, e os áudios não contem gente do PT. Janot, aguarde que seu presente está chegando e a sociedade conhecerá quem é RODRIGO JANOT, seu irmão que o diga e o estelionatário sócio dele.

Anônimo disse...

Apesar da torcida, até a Veja é obrigada a reconhecer que o mundo não acabou e que, passado o primeiro momento, as coisas voltaram a funcionar e Temer, embora combalido, conseguiu aglutinar forças e prosseguir com as reformas.

Anônimo disse...

A novidade da Veja desta semana não é esta editor, a novidade é a Revista Veja é "acusar a Lava Jato de Estado Policial", porque os "fatos" levaram a Lava Jato a chegar no ninho dos grãos Tucanos e no ninho Cascavel do Traíra, porque se dependesse de alguns elementos da Lava Jato ela ficaria "ad eterno" tentando incriminar e prender lula, dilma, petistas ou quem de alguma forma fez negócios nos governos Petistas.

Agora, na anti-vespera do julgamento do juiz moro no CNJ a revista Veja dá uma guinada para a esquerda e acusa o juiz de ter gravado ilegalmente a conversa da então Presidente dilma com lula, que culminou com a Cassação da Presidente, e condenou a publicidade dada a conversa da finada Dona Marisa com seus filhos, divulgadas na própria revista, para jogar a opinião pública contra lula e a familia.

Mea culpa? Claro que não, a Revista quer cooptar os Petistas para ajudarem os PMDBostas e os PSDBostas a derrubarem a lava jato, logo agora que ela chegou neles, atropelada pelos fatos.

PS: Os golpistas, a midia marrom glace que se enganfinhem e se fod.... todos.

Luiz Oliveira disse...

Políbio, o nome correto é Rodrigo Janot e não Ricardo Janot.

Anônimo disse...

A veja nao e mais confiavel,desde que assumiu o Andre Petry.
http://www.gazetadopovo.com.br/rodrigo-constantino/artigos/mudanca-de-comando-na-veja-infelizmente-comprova-meus-receios/

Anônimo disse...

NÃO, DEPENDE da GLOBO!