Artigo, Adriana Lisboa - Os amantes da Cracolândia

Há algum tempo, atendi uma paciente que foi resgatada à força pela família, da cracolândia em SP. Estava pesando 34 kg, tendo 1m e 67 cm de altura. Estava com sífilis, AIDS e foi a tuberculose mais extensa que vi na vida. Pra se ter idéia, nem em foto de livro vi nada igual. Contou-me que vivia há 2 anos lá. Fazia sexo com até 20 desconhecidos por noite ao preço de 5 reais, para consumir tudo no mesmo dia, fumando pedra. Perdeu família, emprego, dignidade e a razão.

A pessoa que abre mão de uma vida, pra se tornar um escombro, um farrapo humano, uma fruta podre pisoteada na sarjeta, está doente e essa realidade em que vive, não é uma escolha ou uma "forma de protesto".


Quem é contra a internação compulsória dessas pessoas, certamente nunca teve um familiar nessa situação e nunca viu a cracolândia de perto.

CLIQUE AQUI para ler o artigo do blog Ataque Aberto.

11 comentários:

Anônimo disse...

Esquerdistas e viciados em drogas acham que podem fazer livremente qualquer coisa que lhes dê na telha, e o que lhes dá na telha é deprimente e perigoso para uma sociedade de pessoas decentes.

Anônimo disse...

tudo precisa ser mudado...

tudo o que vinha se empregando em relação a esse problema precisa ser abandonado e o obvio e RACIONAL precisa ser aplicado...

conceitos e tratamentos que ate agora so fizeram aumentar o numero de viciados precisam ser deixados de lado, porque é obvio que fracassaram...

Anônimo disse...

A Maria do Rosário deveria ler esse post, antes que sua filha tome o mesmo caminho.

Anônimo disse...

O Texto é perfeito, demonstra exatamente a realidade.Nova York em meados da decada de 80 e 90 pasdou pelo mesmo problema com o crack, foi redolvido com a prisão de usuários e de traficantes, depois veio o prefeito tolerância zero, não prendia os usuário mas internava compulsoriamente, os assistentes sociais ofereciam duas opções, tratamento ou prisão que vigora até hoje.O Lugar de Nova york que era a cracolandia, hoje é uma praca e ponto turístico, vi essa reportagem no Jornal da Globo por volta das 14:00hs de quinta feira passada.Brasil, País de Tolos.

Anônimo disse...

O Texto é perfeito, demonstra exatamente a realidade.Nova York em meados da decada de 80 e 90 pasdou pelo mesmo problema com o crack, foi redolvido com a prisão de usuários e de traficantes, depois veio o prefeito tolerância zero, não prendia os usuário mas internava compulsoriamente, os assistentes sociais ofereciam duas opções, tratamento ou prisão que vigora até hoje.O Lugar de Nova york que era a cracolandia, hoje é uma praca e ponto turístico, vi essa reportagem no Jornal da Globo por volta das 14:00hs de quinta feira passada.Brasil, País de Tolos.

Anônimo disse...

Devem ser internadas sim!!!

Anônimo disse...

Esquerdopata é mesmo uma gente sem noção, com estes disparates eles querem é aparecer na mídia e posarem para fotos com o intuito de se promoverem.

Anônimo disse...

O BRASIL TEM QUE SOFRER UM CHOQUE DE ORDEM E DISCIPLINA, MAIS PARA ISSO ACONTECER TEMOS QUE CRIMINALIZAR O COMUNISMO EM TODAS AS SUAS FORMAS.
O COMUNISMO É UMA SEITA SATÂNICA QUE TEM COMO OBJETIVO DESTRUIR O SER HUMANO, SÓ DEPOIS DE METER NA CADEIA ESSES VERMES COMUNISTAS É QUE PODEREMOS RECONSTRUIR NOSSO PAIS.

Anônimo disse...

Desconfio que muita gente que é contra a internação compulsória vive da desgraça alheia.

Anônimo disse...

Quanto mais para a esquerda, mais próximo do abismo.

Anônimo disse...

Tarde demais, se calou durante 4 anos. Ninguém abriu a boca quando o Fernando Haddad deu via livre para os viciados e traficantes na cracolândia. Pelo menos agora, alguém vai apontar o dedo para a cara do Fernando Haddad?