Assembléia do RS continua trajetória de stop and go, mas aprova um, projeto de Sartori

O governo gaúcho conseguiu aprovar por 29 votos a 7, as propostas de mudanças no Fundopem, ferramenta que concede benefícios fiscais para novos empreendimentos no Estado. As novas definições criam um ambiente mais favorável para que empresas do ramo automotivo e de implementos rodoviários que recebem condições diferenciadas consigam atrair companhias fornecedoras ao Rio Grande do Sul. O texto aprovado cria o Programa de Harmonização do Desenvolvimento Industrial do RS (Integrar).  A iniciativa estende os mesmos benefícios concedidos à companhia principal também às fornecedoras, desde que localizadas no Rio Grande do Sul. Também abre a possibilidade de que as terceirizadas vendam seus produtos a mais de um comprador.

Após a aprovação do projeto que altera as regras do Fundopem, a base aliada esvaziou o quórum, o que resultou no encerramento da sessão. Era, 17h. Com isso, não foram votados mais uma vez os projetos considerados prioritários do pacote de Sartori, que irão avoto novamente nesta quinta-feira, em sessão extraordinária convocada para as 10h.

CLIQUE AQUI para saber mais.

6 comentários:

Anônimo disse...

Alguém em sã consciência quer investir num Estado falido e com tanta insegurança como o RS? Nunca

Anônimo disse...



Fomos até onde pudemos...

Ano que vem é eleitoral e Sartori e o PMDB devem ajustar suas contas com os seus eleitores sozinhos.

Por que deixou para o final do governo recompor o efetivo da BM mesmo sem dinheiro para pagar o funcionalismo. Porque ano que vem é eleitoral...

Anônimo disse...

O governo gaúcho priorizou setores da região de CAXIAS DO SUL e região metropolitana de PORTO ALEGRE.

Enquanto isso, a METADE SUL, ALMA DO POVO GAÚCHO que deu origem à NOSSA HISTÓRIA HEROÍCA é esquecida. Quando vão mudar isso?

QUE ABSURDO!!!

Rosa RF

Unknown disse...

Assembleia petralha... nada de bom a esperar!!!

Anônimo disse...

Quem votou contra? qual a justificativa?

Anônimo disse...

Polibio, puxa a orelha do estagiário. O que que faz aquela vírgula antes de projeto?