Quadrilha de uniforme da Polícia e rádio da Brigada assalta empresa e foge sem ser incomodada em Porto Alegre

Uma quadrilha vestida com uniformes de policiais assaltou uma empresa de materiais elétricos, na manhã deste sábado, no bairro Humaitá, na zona Norte de Porto Alegre. Os cinco homens, vestidos com camisetas da Polícia Civil, chegaram ao local e afirmaram que estavam com um mandado judicial contra um funcionário. 

Assim que a entrada foi liberada, os bandidos renderam os trabalhadores.

Um caminhão com cabos foi levado pelos assaltantes. O grupo tinha um rádio com a frequência da Brigada Militar e conseguiu fugir do local. 

6 comentários:

Anônimo disse...

Não era a quadrilha dos irmãos Batista que roubaram todo o Brasil e saíram sem ser importunados ainda com o apoio legal de Janot e Fachin e a midiática cobertura jornalística da Globo?

Anônimo disse...

JA ESTAMOS NO COMUNISMO NO BRASIL. SÓ FALTA O RETORNO DO LULADRÃO.

Anônimo disse...

Os batistas não tinham a posse das chaves dos cofres públicos. Quem realmente roubou todo o Brasil foram políticos que estiveram e que ainda estão no poder!

Anônimo disse...

Bandidos estao esperando o que para roubar os politicos? Sao milhoes e milhoes e milhoes despejados no colo de petistas, tucanos e pemedebistas, ate dos mais chinfrins.

Comecem a aterrorizar esses safados e suas familias que ai ate o trabalhador vai comecar a torcer pra vcs. Eu incluso.

Gilson Carvalho de Oliveira disse...

Tá mais para a quadrilha do lulla!

JORGE LOEFFLER .'. disse...

A POLÍCIA JUDICIÁRIA não tem ou usa UNIFORME. Eventualmente usa camisetas pretas para que sejam seus membros identificados quando em diligências. Reconheço que alguns usam em demasia essas camisetas. Eu somente as vestia quando necessário der reconhecido como policial. Por outro lado guardas usam uniformes e sem ele para mim são apenas mais alguns membros da multidão. Sei que eles se disfarçam de cidadãos e ano passado ocorreu um tiroteio em Porto Alegre em que alguns deles com uniformes e em veículo colorido como devem ser os veículos do policiamento ostensivo trocaram tiros com outros em veículo discreto e sem os uniformes. Isto ocorreu por que eles se imaginam POLÍCIA JUDICIÁRIA e não são, gostem ou não, assim como explica por que não HÁ POLICIAMENTO nas ruas.