Assembléia do RS nega-se a acabar com a farra de cedências para sindicatos e que custam R$ 37,7 milhões anuais para os cofres públicos

CLIQUE AQUI para examinar a lista Top 10 dos sindicalistas que mais ganham sem trabalhar para a população que os paga mensalmente, ano após ano.

Uma das propostas que mais resistência encontra entre os deputados, alguns até da base do governo, é aquele que quer acabar com a vergonhosa cedência de servidores estaduais para sindicatos e entidades que movem campanhas virulentas contra todos os governos.

Dirigentes sindicais remunerados regiamente pelo Tesouro, perpetuam-se anos e anos nos sindicatos, sem trabalhar para o público que os remunera,

São dezenas e dezenas de casos. Eles custam R$ 37,7 milhões anuais para os cofres públicos, sem prestarem serviço ao povo que paga seus altos salários, alguns deles de mais de R$ 50 mil.

Cedência para sindicatos: a PEC 256/2016 elimina a remuneração, por parte do Estado, de servidores que não desempenham funções nas quais foram nomeados após concurso por estarem cedidos a entidades de classe. Situação: sem votação.

5 comentários:

Anônimo disse...

ALGUÉM TEM ESPERANÇA QUE A COISA VAI MUDAR?
SE NEM ÍSSO O GOVERNO CONSEGUE MEXER, SENDO O SUPRA SUMO DA IMBECILIDADE E DO DESVIO DO DINHEIRO PÚBLICO , IMAGINEM SÓ O RESTO.
COLOCAM UM FILHO DE SEM-TERRA(SIC) COMO PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA E QUEREM O QUÊ?

Unknown disse...

A coisa continua Pretto(a)!!!

Anônimo disse...

Enquanto não virar Venezuela,essa ralé não vai parar...

Anônimo disse...

polibio

e a dona RBS não vai falar nada sobre isso

é a escoria do jornalismo coorporativo, de quem deve milhões aos cofres públicos e fica criticando o governo

só enche o saco sobre segurança, e de movimentos sociais

defendendo sempre os bandidos e também os di menor

e o pps e outros

não vai votar contra os privilégios, como votou contra a pensão dos ex-governadores

Anônimo disse...

Tudo que se precisa é acabar com esta palhaçada, cara, desacreditada, desmoralizada, inútil de sindicatos