Promotor Eugênio Amorim diz que só 1% dos homicidas são condenados. Matar é crime impune no RS.

A denúncia é do corajoso e lúcido promotor Eugênio Amorim, Porto Alegre:

- Hoje, no Brasil, condena-se apenas 1% dos homicidas. No Rio Grande do Sul esse índice ainda é maior, mas a tendência, se aprovadas as propostas de mudança nos códigos, é terrível.

Eugênio Amorim (foto ao lado) trabalha nas Varas do Júri.

O promotor da Justiça Militar gaúcha, Luiz Eduardo de Oliveira Azevedo, vai ainda mais longe.Ele diz que tudo é uma questão ideológica que precisa ser modificada. Eis o que ele afirmou ao jornal Zero Hora de hoje:

— Pior que garantistas, muitos juízes e alguns promotores são contra prisões. A sociedade já está farta de verdadeiros absurdos jurídicos em nome do discurso do problema social, de que o indivíduo se torna bandido por necessidade. A academia está com essa mentalidade de esquerda encrustada. O que propomos é o debate, o contraditório.

10 comentários:

Anônimo disse...

E só mais uma prova de que o país colapsou...!!!

Unknown disse...

NarcoEstado é assim, promotor!!!
Condenados são os cidadãos!!!

Mordaz disse...

Num país em que até o presidente é o maior ladrão, o que esperar? Que os outros sigam as leis? Num judiciário que tem lugar para Gilmar Mendes, que seriedade este país possui?

Anônimo disse...

Pela primeira vez vejo um promotor dizendo o que todos nós já sabemos. O vitimismo é o grande parâmetro da Justiça; assim como a falácia do determinismo social e outras besteiras. Chegou a hora de dar nomes aos bois: quem comete crime é criminoso, não é vítima de nada. O livre arbítrio está em pleno vigor.

Anônimo disse...

No Brasil uma vida vale menos que uma casca de banana.Brasil, País de Tolos,

Anônimo disse...

Tem alguma pesquisa para saber quais são os juízes que mais soltam ou dá beneficios para criminosos contumazes.

Anônimo disse...

Este promotor, Dr. Amorim, é pau ferro.

Anônimo disse...

Agora é que se deram por conta que a impunidade é o maio problema?????? Quiçá abram os olhos e vejam também que não são armas as culpadas!!!!!!

Façanha, o advogado do povo disse...

Investigar homicídios entre bandidos? Ora, a Polícia tem mais o que fazer!

Anônimo disse...

Políbio,

Este promotor me representa!!!!!!!!!!!!