Promotor Eugênio Amorim diz que só 1% dos homicidas são condenados. Matar é crime impune no RS.

A denúncia é do corajoso e lúcido promotor Eugênio Amorim, Porto Alegre:

- Hoje, no Brasil, condena-se apenas 1% dos homicidas. No Rio Grande do Sul esse índice ainda é maior, mas a tendência, se aprovadas as propostas de mudança nos códigos, é terrível.

Eugênio Amorim (foto ao lado) trabalha nas Varas do Júri.

O promotor da Justiça Militar gaúcha, Luiz Eduardo de Oliveira Azevedo, vai ainda mais longe.Ele diz que tudo é uma questão ideológica que precisa ser modificada. Eis o que ele afirmou ao jornal Zero Hora de hoje:

— Pior que garantistas, muitos juízes e alguns promotores são contra prisões. A sociedade já está farta de verdadeiros absurdos jurídicos em nome do discurso do problema social, de que o indivíduo se torna bandido por necessidade. A academia está com essa mentalidade de esquerda encrustada. O que propomos é o debate, o contraditório.