Política maluca de reajustes da Petrobrás muda de novo os preços da gasolina e do diesel

A nova política de preços praticada pela Petrobrás é uma maluquice e nada parecido é praticado em empresa, área ou setor algum da economia brasileira. Esta idiotice desorganiza a própria economia brasileira, já que não permite cálculo de custos por prazos pelo menos razoáveis.

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira a redução de 0,5% nos preços do diesel e da gasolina nas refinarias. O novo valor vigorará a partir desta sexta-feira e faz parte da nova política de ajustes de preços da empresa.

O último reajuste ocorreu na terça-feira, quando o preço do diesel nas refinarias subiu 2,7% e o da gasolina, 1,8%. 

7 comentários:

Anônimo disse...

Essa politica esta errada? Mas o Pedro parente não fazia parte do dream team do temer?

Anônimo disse...

Brasileira, não. Mundial, sim. Bem vindo a política de preço de combustíveis de primeiro mundo. Graças a Deus.

Anônimo disse...

Noooossa, como tem economista em cada esquina neste país.Não entendo como estamos em tamanha recessão.

Anônimo disse...

Ainda bem.
Pudera que fosse ainda mais liberado, mais livre.

Anônimo disse...

Privatiza logo! Melhora muito e acaba com a bagunça e a roubalheira!

Anônimo disse...

>>

Não é politica maluca. É uma jogada psicológica bem bolada para enganar o consumidor.

Como ninguém conseguira acompanhar essa "politica maluca", a Petrossauro aumentará os preços do combustível do jeito que quiser e quando quiser.

É preciso acabar com esse monopólio incompetente e ineficiente que fornece aos brasileiros um combustível vagabundo, caríssimo e que só é bom para seus funcionários, para os políticos (PT) e para empresas satélites da estatal.

<<

Anônimo disse...

Mas não era só tirar o PT que tudo iria se resolver nessas estatais?