Prefeitura de Porto Alegre também quer escolher novas agências de publicidade

A prefeitura de Porto Alegre vai abrir licitação para a escolha das novas agências de publicade que irão atender suas contas.

A prefeitura sempre contou com R$ 25 milhões por ano para propaganda, mas o atual prefeito não alocará recursos desta monta, já que trabalha com escassez enorme de verbas.

8 comentários:

Anônimo disse...

Ouvi de gente da área que a coisa é meio dirigida nestes certames com agências.
No governo Fogaça/Fortunati ganhava, sempre, uma agência que tem como um dos sócios o filho de um político influente do RS.
Aquela mesmo que criou uma campanha para os cidadãos levantarem a mão na faixa de segurança.
Hoje, quem faz isso, seria atropelado.

Anônimo disse...

Por que uma prefeitura, governo, etc., precisam de agência de publicidade?

Anônimo disse...

Para que gastar com propaganda? Bons serviços são a maior e melhor propaganda. Gaste em investimentos, limoeza.

Anônimo disse...

25 milhões por ano? Belíssima grana pra quem diz que tá falido!

Anônimo disse...

A Prefeitura tem profissionais de jornalismo, RP e Publicidaded entre seus quadros e os comissionados.
Se o negócio é economizar, como disse outro comentarista, por que não usá-los em suas expertises?
Da mesma forma esta estória da identificação facial nos ônibus. Por que não aguardar as finanças estabilizarem?
Fazendo desta forma, desperta suspeita de toma lá-dá cá.

Anônimo disse...


Gasto com publicidade, entra crise, sai crise e a velha "publicidade" nenhum governo fala em economizar. Enquanto a distração é instigar o o povo contra o funcionalismo, fatos estranhos como o da Procempa continuam a acontecer. A sindicância deve continuar no caso GPS e investigar a Banca de Talentos e fazer uma analise dos curriculum dos CC's selecionados que atuam na Prefeitura. Não faz sentido um empresário com histórico de 422 mil super faturados com o Daer assumir qualquer cargo público.

Anônimo disse...

Sempre as mesmas. Ha bastante tempo se financiando com dinheiro publico. E aqui a coisa é tão dissimulada e fics tudo bem que um dos donos de uma delas foi figurinha carimbada nas campanhas de tarso genro, e nunca figurou em prestação de contas. Todo mundo quietinho.

Anônimo disse...

Já está na hora do Polibio Braga reconhecer o erro que foi sua campanha para que a administração petista de fortunati-melo permanecesse na Prefeitura. Seria a continuidade do CAOS. Marchezan foi a melhor opção para a pobre e roubada cidade.