Polícia Federal inocenta senador Aécio Neves no caso Furnas

O delegado que conduziu o inquérito concluiu que "não é possível atestar que senador realizou as condutas criminosas".

9 comentários:

Anônimo disse...

Claramente a PF mudou após a repentina e mal explicada troca do ministro da justiça.

Anônimo disse...

HAHAHHAHAHAHHAHHAHAHAHA!

Anônimo disse...

Essa história do Aécio com Furnas sempre foi uma intriga petista! Eles chegaram ao cúmulo de dizer que Lula ficou sabendo através de petistas, logo no inicio do governo em 2003, que o tal Dimas roubava para Aécio em Furnas, mas Lula, esperto pacarai, achou melhor manter esse Dimas na empresa, obviamente para continuar roubando, agora para o PT!!!

Anônimo disse...

COITADO do PTRALHA das 008:38, acha que Ministro da Justiça é a PF!

PF vai até onde a Lei permite, Ministros igualmente, só não se tem lei pra asneiras ditas na internet!


Anônimo disse...

Os vermelhos escarlates bolivarianos atrasados querem, por que querem, dizer que todos são iguais, não, absolutamente não são , a verdade as vezes demora, mas sempre vai prevalecer.Quem afundou o Brasil em mais de 1 trilhão de reais foi durante os desgovernos vermelhos de 2003 à maio de 2016.Alem de terem pegado o Brasil com digida de 850 bilhoes em 2003 e entregado em 2016 com mais de 4 trilhões.

Anônimo disse...


Pediu o arquivamento. Quem "inocenta" é o Judiciário.

Anônimo disse...

CÁRMEN NEGA PEDIDO DE AÉCIO PARA INQUÉRITO IR PARA AS MÃOS DE GILMAR NO STF

Defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) queria a redistribuição de um dos inquéritos a que o tucano responde para o ministro Gilmar Mendes, mas a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, negou o pedido; caso, que trata de supostas irregularidades em obras das usinas hidrelétricas do Rio Madeira, em Rondônia, será redistribuído para um mesmo relator, que ficará também com outras cinco investigações envolvendo hidrelétricas.

10 DE AGOSTO DE 2017

247 - A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, negou um pedido feito pela defesa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) para que um dos inquéritos a que o tucano responde fosse redistribuído na Corte ao ministro Gilmar Mendes. (...)

PS: Essa aécio/PSDB pediu e "não levou", ou seja, "talvez" ainda nesse século, veremos um Tucano condenado e preso.

Anônimo disse...

Enquanto isso o temerario recebe.....

NO RIO, TEMER RECEBE BENÇÃO DE PASTOR CONDENADO POR ESTUPRO:

Durante visita ao Encontro Nacional de Comércio Exterior, Michel Temer recebeu uma bênção do pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias; Silva foi preso, em 2013, pelo crime de estupro, e condenado pela 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, em primeira instância, a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor; pastor pediu para Deus “visitar o coração, a coluna, o rim, o intestino, o fígado”, entre outros órgãos do peemedebista.

10 DE AGOSTO DE 2017

Revista Fórum - Durante passagem pelo Rio de Janeiro, para uma visita ao Enaex (Encontro Nacional de Comércio Exterior), Michel Temer (PMDB), recebeu uma bênção do pastor Marcos Pereira da Silva, líder da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias. Veja o vídeo aqui.

Até ai tudo bem, não fosse o fato do tal pastor ter sido preso, em 2013, pelo crime de estupro, e condenado pela 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, em primeira instância, a 15 anos de reclusão pelo crime de atentado violento ao pudor.

O pastor pediu para Deus “visitar o coração, a coluna, o rim, o intestino, o fígado”, entre outros órgãos do presidente.

Em dezembro de 2014, após 19 meses encarcerado, ele obteve liberdade após habeas corpus concedido pelo STF.

E o presidente não foi o primeiro político abençoado pelo líder religioso. Em 2016, ele aproveitou também para orar pelo vice-governador, Francisco Dornelles (PP).

PS: Tem uma certa coerência um estuprador abençoando o estuprador dos direitos do povo.

Anônimo disse...

Quantas malas de dinheiro rolou nesse caso?