Líderes da oposição voltam a ser presos na Venezuela

Ledezma é o da direita.

Os líderes Leopoldo López e Antonio Ledezma estavam em prisão domiciliar e foram levados por agentes do Serviço de Inteligência do país.

Os dois líderes opositores fizeram apelos na última semana para que as pessoas não votassem no domingo na eleição da polêmica Assembleia Constituinte, convocada por Maduro e rejeitada pela oposição e por vários países.

A União Européia já protestou. O governo do Brasil, que condenou o "pleito"de domingo, ainda não falou.

Veja os vídeos das duas prisões:

14 comentários:

Anônimo disse...

Janot seria o Procurador ideal para Maduro, atacar a oposição e brindar os vermelhos corruptos.

Anônimo disse...

PT e PSOL apoiam esses lixos. Cuba manipula Venezuela ha muito tempo.

A coisa vai degringolar e esses palhacos brasileiros vao acabar pagando o pato.

Anônimo disse...

Cadeia e pau nestes baderneiros que estão atrapalhando a governabilidade daquele país

Anônimo disse...

JANOT: AÉCIO SOLTO É PRIVILÉGIO ANTIRREPUBLICANO:

O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante; segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano"; indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer; tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha; leia a íntegra do pedido de Janot.

1 DE AGOSTO DE 2017

247 – O terceiro pedido de prisão formulado pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil e acabou flagrado num esquema de R$ 2 milhões em propinas, toca num ponto relevante.

Segundo Janot, quando determinados personagens são colocados acima da lei, como se fossem intocáveis, evoca-se a ideia de um "privilégio antirrepublicano".

Indiferente às denúncias, Aécio abriu uma crise no PSDB ao retomar o comando do partido para determinar que os tucanos fechem de vez com o golpe de Michel Temer (saiba mais aqui).

Tanto ele como Temer estão entre os três políticos mais repudiados do País, com rejeições de 90% e 94%, fazendo companhia a Eduardo Cunha (leia aqui). (...)

PS: Esse pode pedir música no Fantástico é tri denunciado. Mas.... é "inimputável", portanto não pode ser processado e nem condenado, como todo tucano.

Mordaz disse...

O que deve ter venezuelano lastimando que o golpe que tentou derrubar o tinerete Hugo Chaves tenha falhado em 2002. Assim como a história teria sido diferente se o atentado contra Hitler em Munique tivesse tido sucesso.

ATENTO disse...

QUE O GRITO DE TRUMP SEJA OUVIDO

OS INTOLERANTES ESTÃO DESTRUINDO OS TOLERANTES

retirei o trecho abaixo do sensacional midiasemmascara.com.br de OLAVO DE CARvALHO

"Porque a tolerância ilimitada permitirá (e, na verdade, incentivará) o florescimento descontrolado dos intolerantes. E os intolerantes, por sua vez, erradicarão os tolerantes e, com eles, a própria tolerância.

“Devemos, portanto, em nome da tolerância, reivindicar o direito de não tolerar os intolerantes”, advogou Popper. O alerta foi dado em 1945, ano da publicação da sua obra magistral: “A Sociedade Aberta e Seus Inimigos”.

Hoje a Europa é a realização da profecia de Popper: ameaçada pelos bárbaros intramuros do fascismo islâmico que se aproveitaram das portas abertas e da permissão para manter a Sharia em seus guetos intocáveis."

Anônimo disse...

TAMBÉM MORDAZ! Se FHC tivesse acionado o IMPEDIMENTO de LULA no tempo do mensalão, não estaríamos neste situação.

Anônimo disse...

Anônimo da 247 (1 de agosto de 2017 11:36). Pode confessar que esse era o sonho seu e da sua turma. Um país todo saqueado e descendo o pau de quem é contra o governo. Com Lula lá de volta esse sonho pode ser bem possível. Só lembre do que Lênin fez com Troyski quando o mesmo descordou dele.

Anônimo disse...

É o excesso de democracia pregado pelo PT e seus satélites!

sempre mais disse...

Aqui Lula disse que quando for presidente na próxima eleição, vai prender Sérgio Moro e os procuradores. Era isso que está acontecendo na Venezuela que os vermelhos querem pro povo brasileiro.

Anônimo disse...

O Maduro está jogando pela sua vida. Sabe que, se perder, vai acabar sendo pendurado em praça pública. O Maduro não vai largar o osso só com gritaria ou sanções sem consequência. Correndo por fora (e por dentro) está Cuba, apoiando o Maduro e parasitando a Venezuela. Cuba é o responsável, novamente, de todo o desastre latino-americano. É uma boa oportunidade para acabar com o regime comunista de Cuba.

Anônimo disse...

O destino do Brasil será infinitamente pior do que o da Venezuela, caso esse sapo barbudo, com essas urnas eletrônicas e o toffoli novamente como ministro do TSE, volte ao poder.

Anônimo disse...

Vai pra merda,vc não descobriu que a esquerda não produz e depois que não dá certo coloca a culpa nos outros? Presidente que conversa com passarinho é normal? Doente

Anônimo disse...

para esses cu munistas isso é democracia