Justiça manda Simpa manter 100% dos serviços de urgência em Porto Alegre

A Justiça determinou, na noite desta quinta-feira, que sejam mantidos 100% dos serviços de urgência e emergência e 70% dos serviços essenciais na Capital. A multa ao Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), em caso de descumprimento, é de R$50 mil. 

A decisão foi da desembargadora Laura Louzada Jaccottet, que atendeu o pedido da Procuradoria Geral do Município (PGM). O Simpa já foi intimado da decisão judicial.

2 comentários:

Unknown disse...

Chupem pelegos!!!
Seus dias estão contados!!!
A população já encheu o saco de grevismo político e arruaças!!!

Anônimo disse...

Bem vindos a ditadura do judiciario, obedeçam porque a justiça mandou.