Tito Guarniere - O julgamento do TSE

Não há razões para escândalo. O Tribunal Superior Eleitoral-TSE decidiu por maioria de votos, quatro contra três, que não havia razões suficientes para cassar a chapa Dilma-Temer. Julgou como quis, de forma soberana. Havia bons argumentos para ambos os lados. Mas é impressionante como existe gente que só ouve o apelo de suas próprias convicções. Ai dos fatos se eles saem diferentes do que eles imaginavam e queriam!

Então, tudo passa a ser "uma vergonha", tudo vai "acabar em pizza". Os "réus foram absolvidos por excesso de provas", a decisão do TSE "desmoraliza a Justiça brasileira": vai por aí o chororô cívico dos donos da verdade, dos justiceiros de plantão. Para esses, é preciso que corra sangue e só é virtuosa a decisão que coincida com suas inabaláveis certezas.

Mas se é assim, se o único resultado justo seria a cassação da chapa, então para que, mesmo, o julgamento? Para que um tribunal composto de sete juízes?

CLIQUE AQUI para ler mais.