Presidente do Uber renuncia ao cargo após acusação de assédio

Travis Kalanick deixou a presidência da empresa horas após investidores pedirem sua renúncia

Um comentário:

fernando bender disse...

O próximo CEO venderá a empresa para o Google ou Amazon. A pressão pela renúncia é em função da recusa deste por tais caminhos.