Assembléia aprova PEC que libera 500 brigadianos que fazem a guarda externa dos presídios

A Assembleia Legislativa do RS aprovou ontem a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 255, que prevê a retirada da Brigada Militar da guarda externa de presídios no Rio Grande do Sul. O governo, que apresentou o texto, estima que até 500 PMs possam ser liberados da atividade a fim de que voltem para o policiamento ostensivo. 

A PEC foi aprovada 35 votos a 16.

A guarda externa poderá ser feita por segurança terceirizada ou por agentes da Susepe, que não tem homens suficientes e teria que contratar concursados.

4 comentários:

Anônimo disse...

Segurança terceirizada. O estado sem dinheiro quem irá pagar. Em caso de fuga de presos quem irá responder.

Anônimo disse...

É um vergonha, que tal extinguir a AL-RS??
olha quantos dias sem votação, e 1 dia inteiro (ontem) para votar um projeto só, e não tem quórum para continuar depois outras PECS importantes, o pacote de Sartori mofando por lá e sendo votado as mínguas , a oposição tem só 16 e o governo alega que travam tudo , enquanto na câmara e senado é a mesma proporção de oposição e os trabalhos continuam, falta na assembléia atitude e empenho como no congresso nacional para tocar adiante os projetos para o bem do RS.

Anônimo disse...

Faltou retirar os Brigadianos que fazem segurança na AL e dentro dos estádios.

Anônimo disse...

Tá na hora de contratar mais brigadianos para dar mais segurança nas ruas,mais gente para presídios é só diminuir salários dos deputados que sobra para pagar o pessoal,que esses sim trabalham atrás de marginais para ganhar pouco e não serem valorizados.