sábado, 18 de março de 2017

Rede de restaurantes Madero repeliu extorsões dos bandidos presos na Operação Carne Fraca

A casa do shopping Iguatemi, Porto Alegre, faz permanente sucesso.

A rede, que desde o ano passado amplia sua rede para Porto Alegre, cria gado próprio e com ele abastece de carne suas casas. O hambuguer da Madero é o melhor do Brasil.

O jornal Gazeta do Povo, Curitiba, o mais importante do Paraná, conta na sua edição de hoje que investigações da Polícia Federal mostram que a rede de restaurantes Madero foi pressionada a entrar no esquema fraudulento de pagamento de propinas instalados na Superintendência Agropecuária do Paraná e revelado pela Operação Carne Fraca. Em depoimento à Polícia Federal, representantes do Madero relataram episódios de extorsão e dificuldades para liberação de licenças sanitárias para funcionamento. Fiscais federais agropecuários chegaram a levar picanha, hambúrgueres e filé mignon da fábrica da empresa.


A versão dos funcionários foi confirmada nas investigações da Polícia Federal. Segundo o delegado federal Maurício Moscardi Grillo, que lidera as investigações, a empresa sofreu uma “situação de extorsão clássica, clara, evidente”.

CLIQUE AQUI para saber mais.

3 comentários:

Jacques Gros disse...

Tive uma amiga veterinária, em SP, que era inspetora federal de saúde. Ela queira fechar dois ou três frigorifícos em SP. Foi ameaçada de morte, foi ao chefe e ele estava no esquema.
A coitada teve um colapso nervoso e teve que se retirar do serviço, voltando ao interior de SP.

Foi em 1978, portanto a podridão já existia no sistema.

Anônimo disse...

pô...começou loguinho o investimwnto publicitário , hein?

Anônimo disse...

Fizeram uma legislação exclusiva para grande frigoríficos, centenas e mais centenas de empregos foram tirados do povo, pois os pequenos não tinham como competir.

Tomara que esta investigação realmente vá a fundo.