El País diz que lista de Janot vai emperrar as votações no Congresso

Em reportagem de hoje, a edição brasileira de El País. diz que parlamentares orquestram minimizar o crime de caixa 2 enquanto dizem não temer Lava Jato. Para deputados de oposição, governistas ficarão atônitos e é Temer quem está por trás de anistia

Leia tudo:

“Já saiu foi?!”, indagou preocupado um deputado enquanto registrava presença no painel da Câmara dos Deputados no final da tarde desta terça-feira. Ele se referia à lista de pedidos de abertura de inquérito contra dezenas de políticos do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que minutos antes havia sido enviada ao Supremo Tribunal Federal. Em instantes a tensão se dissipou no plenário quando os parlamentares foram informados de que os 83 pedidos de inquéritos entregues ao relator da Operação Lava Jato na Corte, ministro Edson Fachin, continuavam em sigilo. O resto da sessão continuou como se nada tivesse ocorrido – os parlamentares discutiram aumento de penas para pirataria, o fechamento de usinas termelétricas e ajuda aos Estados quebrados. Mas a aparente tranquilidade do Congresso esconde o temor de dezenas de deputados e senadores, que podem entrar definitivamente na mira das autoridades.

CLIQUE AQUI para ler mais.

4 comentários:

Anônimo disse...



QUEM LÊ AS MATÉRIAS DA IMPRENSA ESTRANGEIRA , PENSA QUE as votações vinham de vento em popa!

Anônimo disse...

Esses jornalecos não acertam uma nem mesmo em seus próprios países e ficam dando pitaco e palpites nos outros países. Vivemos um tempo em que todo mundo se acha, mas na verdade não passam de um bando de b*st*s burras, prepotentes e arrogantes... da portaria à diretoria!

Anônimo disse...

Espero que emperre mesmo, principalmente a tal reforma da previdência. Aliás todas as outras reformas propostas são uma estrovenga, não servem para a nação, a não ser para atender um punhado de canalhas e grupelhos espertalhões e de plantão, pra roubar mais ainda. Está na hora de trocar TODO mundo, eliminar o Establishment, desde executivo, Congresso e todos os seus escalões, e também STF e judiciário de cima abaixo. Uma reforma branca pelo povo, limpando a classe, ou seria Craca encardida do governo. Isso inclui PSDB, PMDB, Psol, PT, PC do B, PP, Pstu, Rede, PSB, e todos os outros partidos, o país precisa urgente de um novo comando, e não pode ser nada do que está aí... e acabar com o poder central de Brasilia, dividindo o poder nos diversos municípios e distritos, partindo para um governo parlamentarista distrital pleno, e o fim do Presidencialismo como conhecemos.

Unknown disse...

Jornaleco de merda...