TRF-4 amplia para R$ 1,8 bi bloqueio de bens do PP. No caso de Zé Otávio, bloqueio foi para R$ 11,9 milhões.

Além dos R$1,8 bilhão previstos na decisão, o TRF4 também ampliou o bloqueio de bens de deputados, inclusiv  do deputado federal José Otávio Germano para R$ 11,9 milhões (foto ao lado).

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) ampliou para R$ 1,8 bilhão o bloqueio de bens do Partido Progressista (PP) e de seis filiados à legenda. A decisão foi proferida em ação de improbidade movida pelo Ministério Público Federal (MPF) no âmbito da Operação Lava Jato. A decisão do desembargador federal Ricardo Teixeira do Valle Pereira tomou por base o pedido de ressarcimento ao erário de cerca de R$ 460,6 milhões, feito originalmente pelo MPF, acrescido de uma multa civil de três vezes este valor.

A ampliação da indisponibilidade de bens vale para o próprio PP; para os ex-deputados federais Pedro Corrêa, Pedro Henry, João Pizzolatti e Mário Negromonte; para o deputado federal Nelson Meurer; e para João Genu, ex-assessor parlamentar do falecido deputado José Janene.

10 comentários:

Anônimo disse...

É pouco para o Nariz!

Unknown disse...

E o Zé Dirceu, nada!!!
Acorda TRF4!!!

Anônimo disse...

PP é o partido mais bandido do mundo.
Detalhe: até hoje a Justiça nunca havia tomado tal medida, ou seja, a de bloquear grana de partido político nesse valor (1,8 bilhões).
Cadê o papagaio de pirata do Temer, o Marcel Van Hattem, será que ele fará discursinho moralista contra os bandidos de seu próprio partido?

Anônimo disse...

O homem de Iedacasanova

Anônimo disse...

Partido da Propina.

Anônimo disse...

O playboy deve estar fazendo racha de automóvel na 116.

Anônimo disse...

Caro Políbio:
Sou do PP mas, neste partido, não temos bandidos heróis do povo brasileiro, como fizeram os vermelhos do PT. Mancou, tem que pagar. Não interessa a que partido pertença. Pergunta que não quer calar: Quem gerenciava o País na era da maior bandalheira da história? Entendeu anônimo das 14:58, ou precisa desenhar. Aceita que dói menos.

Anônimo disse...

Afinal..... pegaram o nosso Zé?

Anônimo disse...

O PP e o DEM são o que sobrou da Arena. O boneco das 19:42 poderia informar quantos foram assassinados na ditadura por discordarem dos golpistas de 64.

No governo militar golpista de 64 a imprensa era censurada, mas as vezes os escândalos eram muito grandes e não tinha como abafar, então saiu na imprensa. Tudo com a conivência da Arena (PP e DEM). Para dar lugar a políticos da Arena cassavam deputados oposicionistas – MDB.
1 - Contrabando na Polícia do Exército
2 - A vida dupla do delegado Fleury
3 - Governadores biônicos e sob suspeita
4 - O caso Lutfalla
5 - As mordomias do regime
6 - Delfim e a Camargo Corrêa
7 - As comissões da General Electric
8 - Newton Cruz, caso Capemi e o dossiê Baumgarten...
9 - Caso Coroa-Brastel
10 - Grupo Delfin

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2015/04/01/conheca-dez-historias-de-corrupcao-durante-a-ditadura-militar.htm

Anônimo disse...



Esse narigudo ai é apenas um aprendiz, perto do Lula!!