Receita avança medidas para instalar free shops em 32 cidades de fronteira

Anúncio foi feito hoje durante reunião da Frente Parlamentar em Defesa das Cidades Gêmeas de Fronteira, em Foz do Iguaçu, coordenada pelo deputado Frederico Antunes (foto ao lado).

 Durante reunião da Frente Parlamentar em Defesa das Cidades Gêmeas de Fronteira coordenada pelo deputado Frederico Antunes (PP do RS) e realizada nesta quarta-feira em Foz do Iguaçu, a Receita Federal confirmou que até o fim do ano irá concluir o processo de testes e homologação dos sistemas de controle que serão aplicados nas lojas francas da fronteira terrestre. O debate, que integrou as discussões da XXI Conferência Nacional dos Legislativos e Legisladores Estaduais (CNLE), reuniu deputados estaduais, federais, prefeitos, vereadores, secretários municipais e lideranças dos 32 municípios beneficiados pela chamada Lei dos Free Shops, aprovada em 2012 pelo Congresso Nacional mas ainda não regulamentada.

A Receita contratará o Serpro para concluir o sistema com parte dos recursos descontingenciados essa semana do orçamento da União e verbas de emendas parlamentares. 

CLIQUE AQUI para saber mais.

7 comentários:

Anônimo disse...

VÃO ACABAR COM ESSA VANTAGEM QUE OS GAÚCHOS TINHAM. VÃO VULGARIZAR OS FREE SHOPS,TERÃO DE AUMENTAR O CONTROLE DE COMPRAS POR ÓBVIO, E COM 150 DOLARES, SÓ TEM VANTAGEM QUEM MORA AO LADO DESSAS CIDADES DE FRONTEIRA.

Anônimo disse...

e a lavajato deputado? quietinho? saiu de cena? ehehehehe

Anônimo disse...

dessas 32 cidades so' 2 sao gauchas

Anônimo disse...

Que " fronteira terrestre" é essa? Aí tem gato frito, pra variar vão ferrar o RGS, convén a esse arguto Jornalista ir fundo nessa questão.

Anônimo disse...

Quem ou qual partido vai levar pixuleco nessa?

Anônimo disse...

Quem vai poder comprar ??

Turista uruguaio ou argentino ??

Con que plata ?!!

Anônimo disse...

COM ATRASO.ISTO DEVIA TER ACONTECIDO HÁ 50 ANOS.MUITA AMARRAÇÃO.MUITA LENGA LENGA.