Instituto de Gilmar Mendes recebeu R$ 2,1 milhões da JBS. Além disto, fazenda do ministro vende gado para a JBS.

Reportagem de hoje da Folha de S. Paulo revela que o grupo J&F, que controla a JBS, gastou nos últimos dois anos R$ 2,1 milhões em patrocínio de eventos do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), que tem como sócio o ministro Gilmar Mendes, do STF. De acordo com o IDP e a JBS, um dos congressos incluídos nos patrocínios ocorreu em abril, em Portugal, pouco mais de uma semana depois de sete executivos do frigorífico firmarem um acordo de delação com o Ministério Público Federal. Participaram daquele encontro magistrados, ministros do governo de Michel Temer, além de advogados e políticos.

O IDP disse à Folha de S. Paulo que devolveu 650 mil reais à JBS (de um total de 2,1 milhões de reais). O dinheiro foi devolvido, segundo o IDP, em 29 de maio. O acordo da JBS com a PGR foi homologado em 18 de maio.

Uma semana depois, Gilmar Mendes atacou a decisão de Edson Fachin de homologar sozinho aquele acordo.

No dia seguinte, o próprio Gilmar Mendes admitiu à Folha de S. Paulo que suas fazendas vendiam gado para a JBS.


A Folha de S. Paulo encaminhou à JBS uma série de perguntas sobre o dinheiro repassado ao IDP, de Gilmar Mendes.

Eis algumas perguntas feitas:

- Quem fez os pedidos em nome do IDP?
- Houve alguma solicitação por parte de Gilmar Mendes?
- A JBS costuma patrocinar eventos de outras faculdades?
Nenhuma pergunta foi respondida.

18 comentários:

Anônimo disse...

Ta chegando mais um pedido no senado federal pra impichar esse cida dão, quem sabe agora vai.

Anônimo disse...

Só falta assinar a carteira profissional!!!

Unknown disse...

Com a palavra a OAB!!!
Impeachment de Gilmar Mendes já!!!

Emmanuel Carlos disse...

Natural ... tudo natural ...

Anônimo disse...

Certamente aquelas pessoas que se vestiram de verde e amarelo e que batucavam panelas vão invadir as ruas novamente!
Imaginemos que as pedaladas fiscais, que resultaram no impeachment de Dilma, despertou a fúria dessas pessoas, então imaginemos o que elas irão fazer com os roubos e as mentiras do governo de Temer e de todo o seu governo!

OPS!!!!

ME ESQUECI!!!

É UMA ÉTICA SELETIVA...

Quando é o PT, então as pessoas se escandalizam, mas quando são os outros partidos, aí pode?

É o lado masoquista dos coxinhas!

Pode bater, espancar e surrar... palmada de amor não dói!

Essa minha cabeça!!!!!

Cap Caverna disse...

Esse beiçola também tem o rabo preso, demagogo fdp.

Anônimo disse...

Será que ele comprou Obama e Trumann nos steites????....Por aqui não ha nenhum que não esteja no bolso dele....Se ele for preso os Antagonistas vão voltar a lavar pratos na Europa...

Anônimo disse...

Por que nao estou surpreso?
Esse cara e bandido togado!

Anônimo disse...

Gilmar Mendes que tome cuidado.
JBS é pro Lula, com todos os motivos.Gilmar votou por Temer no último julgamento porque também salvava a Dilma.
Se correr o bicho pega se ficar o bicho come.

Anônimo disse...

Perguntas semelhantes feitas no inquérito da PF ao Presidente foram acusadas de estarmos num estado policial.
Será que eles queriam dizer que a imprensa pode perguntar, mas a Polícia, mesmo em inquérito regular, não pode?

Anônimo disse...

http://www.consultasocio.com/q/sa/gilmar-ferreira-mendes

gilmar é dono até de igreja.

Anônimo disse...

Anônimo das 13:59h. Certamente as pessoas se escandalizam quando as denúncias são com o PT, porque esse partido se elegeu vendendo a ética e a moralidade que os outros não tinham. Então o PT não poderia e nem deveria ser igual aos outros. Ou mentiram e agora seus eleitores estão cobrando. A conta sempre chega. Simples

Anônimo disse...

Os jumentos estão soutos nas redes sociais. A matéria deixa claro que o ministro foi contra o acordo com os Batistas, celebrado por Janot e Fachin, ou seja não vendeu seu voto. A maioria dos produtores rurais fazem negócios com a JBS, na minha região alguns gringos estão agazalhando pintinhos dos referidos irmãos. Gente burra cai na conversa da imprensa petralha e Lula livre.

Anônimo disse...

Vender gado para JBS ou qualquer outro frigorífico não é ato ilegal desde que paguem preço de mercado

Anônimo disse...

Qual criador de gado não fazia negocio com a JBS, criaram uma grande Empresa com dinheiro do BNDES que monopolizou o abate de carnes no Brasil.

Anônimo disse...

Se teoria do anonimo das 17:22 é verdadeira, como ficam os coxinhas, o MBL, o vem paras ruas que foram para as ruas, bateram panela para derrubar a dilma e agora se fazem vistas gostas diante da currupção, "com provas" do governo do traíra?

Vagabundos esses, digo, coxinhas esses que votaram em peso no ex-senador aécio "bandido" neves, do PSDB, Presidente Nacional do PSDB, candidato a Presidente da República pelo PSDB, pego no grampo da PF, corrupto "com provas".

Anônimo disse...

Anônimo das 21:02h. O pior cego é aquele que não quer ver. Acho que é o caso. Votei no Lula e na Dilma. Qual a obra deixada por eles aqui no Brasil a não ser o histórico de corrupção? As obras construídas no governo dos dois fora do Brasil, com o meu e com o teu dinheiro, foram várias e vultuosas. Aqui morrem centenas de pessoas nas rodovias porque não houve nenhuma obra que evitasse essa subtração de vidas. Pense

Anônimo disse...

as doações eram LIMPAS tinham até contrato.
recibos, e alguns pedidos retribuidos