terça-feira, 11 de abril de 2017

Saiba quem são os 108 ministros, deputados, governadores e senadores investigados de Fachin

Nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas, fazem parte do total de 108 alvos dos 83 inquéritos que a Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base nas delações dos 78 executivos e ex-executivos do Grupo Odebrecht.

A informação é do Estadão.

A lista acaba de sair e inclui nomes poderosos como os dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício de Oliveira, além de senadores como Aécio Neves, José Serra e Renan Calheiros (o filho de Renan, Renan Filho, governador de Alagoas, também está no rol).

Além do ministro Eliseu Padilha e do ministro Gilberto Kassb, também serão investigados:
Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República Wellington Moreira Franco (PMDB)
Ministro da Cultura Roberto Freire (PPS)
Ministro das Cidades Bruno Cavalcanti de Araújo (PSDB-PE)
Ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB)
Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Marcos Antônio Pereira (PRB)
Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Borges Maggi (PP)
Ministro de Estado da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB)

CLIQUE AQUI para conhecer cada nome. 

9 comentários:

Anônimo disse...

Estranho. Ninguém do STF

Alberto disse...

E o "Quadrilha" segue se reunindo com Temer = VERGONHA PARA O RS!

Anônimo disse...

Aqui, em SC, temos até casal corruPTo: deputado federal Décio Lima e sua mulher, deputada estadual Ana Paula Lima (ambos petralhas). O amor é liiindo!

Anônimo disse...

Onix e Yeda.

Anônimo disse...

essa lista está incompleta cade o ZÉ OTÁVIO GERMANO??? esta lista é fake sem ele.....ele está nela??? Fachin, Fachin....

Anônimo disse...

108 ministros??

Anônimo disse...

Parabéns Ministro Fachin! A Justiça tarda mas não falha.

Anônimo disse...

Não poderíamos ficar ao olhos do mundo como a Nação mais corrupta do mundo. Vergonhosa a situação do Brasil.

Anônimo disse...


Governo Temer colocou na pauta várias reformas urgentes, como a da Previdência, com projeto antigo do PT, mas o povo honesto brasileiro não saiu pras ruas pedindo essas reformas, e sim pedindo o fim do "fôro privilegiado pra bandidos, ladrões políticos".
Pelo fim da corrupção.

Nenhum projeto pode ser aprovado por um Congresso repleto de bandidos, desmascarados pela Suíça, pela Interpol e pelo MPF, todos concursados e sem indicações políticas, portanto sem cabresto bolivariano.