domingo, 16 de abril de 2017

Polícia Federal indiciou 63 pessoas no âmbito da Operação Carne Fraca

Foi neste sábado.

Elas vão responder aos crimes de advocacia administrativa, concussão, corrupção passiva, crime contra a ordem econômica, emprego de processo proibido ou de substância não permitida, falsidade de atestado médico, falsidade, corrupção, adulteração de substância ou produtos alimentícios, organização criminosa, peculato, prevaricação, uso de documento falso e violação de sigilo funcional. 

O indiciamento foi assinado pelo delegado da PF Maurício Moscardi Grillo. O juiz federal Marcos Josegrei da Silva, da 14ª Vara Federal de Curitiba, já intimou o Ministério Público Federal (MPF) para se manifestar em cinco dias.

A Operação Carne Fraca apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema de liberação de licenças e fiscalização irregular de frigoríficos. A investigação da PF indica que eram usados produtos químicos para maquiar carne vencida, e água era injetada nos produtos para aumentar o peso.

CLIQUE AQUI para examinar a lista com os nomes dos indiciados.

Nenhum comentário: