XP pode ter novos sócios antes do IPO

A XP que tem valor de mercado estimado entre R$ 12 bilhões e R$ 15 bilhões, está em negoicações com alguns fundos soberanos e family offices, interessados num investimento de longo prazo na empresa. A XP vai abrir o capital.

O site Brazil Journal, de Geraldo Samor, informa que o processo em curso, que está sendo capitaneado pela GA, se assemelha à rodada de capital feita pelo BTG Pactual em dezembro de 2010, pouco antes do IPO do banco. Na época, o BTG vendeu 18,65% de seu capital para um consórcio que incluía as famílias Agnelli, Rothschild, Motta e Santo Domingo, bem como os fundos soberanos de Abu Dhabi, o GIC e o China Investment Corporation.

Alguns daqueles nomes estão conversando com a XP agora..

O fundador da XP, Guilherme Benchimol, e outros executivos têm 52% da empresa através do FIP Controle XP; a GA tem outros 43% e a Dynamo, 5%.

Os bancos com maior status no sindicato que vai coordenar a oferta são o Itaú BBA, JP Morgan, BTG Pactual e Morgan Stanley.

FAÇA AQUI SEU HAPPY HOUR