Cacá Diegues, O Globo - O futuro do futuro

Pelo menos para os que têm o poder de influenciar a opinião pública, o Brasil não presta para nada e não tem futuro algum. Somos um país definitivamente fracassado


Desde adolescente, sempre ouvi dizer que o Brasil era o país do futuro, uma expressão criada pelo austríaco Stefan Zweig, um escritor judeu que, fugindo da perseguição nazista, veio viver por aqui. Ele se suicidou em fevereiro de 1942, às vésperas do carnaval, em Petrópolis.
,Pela mesma época, o poeta Paul Claudel, então diplomata francês no Brasil, glosando a ideia de Zweig, afirmou que éramos o país do futuro e o seríamos para sempre. O que Claudel queria dizer é que o brasileiro gostava mesmo era da expectativa do futuro, mesmo que ele não lhe chegasse nunca. 

A esperança era suficiente.

Hoje, vivemos uma atmosfera mítica oposta. Pelo menos para os que têm o poder de influenciar a opinião pública, o Brasil não presta para nada e não tem futuro algum. Somos um país definitivamente fracassado, condenado à rabeira da civilização contemporânea, incapazes de tudo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

7 comentários:

Anônimo disse...



O grande problema são os políticos.

São um bando se ladrões que só querem locupletarem-se, a mídia mostra isto diariamente, fora aquilo que não vem à tona.

A maracutaia, a falcatrua e o jeitinho estão no país desde o seu descobrimento.


Anônimo disse...


Os políticos não são causa mas sim efeito da ignorância política do povo e da corrupção inata e sistêmica da nossa gente. Os políticos são os lídimos representantes de uma nação que teima em reelegê-los e espelham a conduta da maioria. Esta história de pessimismo é mera balela, infelizmente quem é realista neste país é taxado de pessimista, numa tentativa de minimizar o caos institucional, político e social no qual afundou a república verde-amarela.
Gerações já foram perdidas, outras tantas também o serão se insistirmos em procurar culpados quando as evidências e o dedo acusatório estão voltados para nós mesmos.

Anônimo disse...

Concordo com o anonimo das 10:07 e acrescento. Fracassados são os que esperam que os "outros" resolvam os problemas. Exemplo: reclamam mas não participam das reuniões do condomínio e dizem - isso é problema do síndico. não sabem o que significa mutirão, cidadania e comunidade. o culpado sempre é o técnico nunca os jogadores...
Joel

Luiz Vargas disse...

Um país que tem uma classe política (calhorda, cretina, corrupta e mercenária, com raras exceções) como nós temos é um país que tem tudo para ir para a decadência sem ter chegado nem PerTo do apogeu.
Não há interesse em tirar o país do atraso através da "educasão" porque em terra de cego que tem um olho é rei.

NEWTON disse...

Um país onde o STF é o supremo desejo para guarida dos maiores criminosos, exprime com clareza o que podemos esperar dele.

Anônimo disse...

Um país cujo objetivo das pessoas é ser um barnabé... É um país sem futuro.

Anônimo disse...

Desde que analfabetos completos puderam votar , começamos a ter políticos analfabetos morais em sua plenitude. Não tem como achar um cirurgião cardíaco escolhido entre açougueiros. Nossa política atual é composta por um time de anões que acham que podem jogar na NBA !