quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Senadores confrontam Sérgio Moro em plena sessão do Senado

Aberta pouco antes do meio dia, a sessão do Senado para ouvir especialistas e autoridades sobre o projeto da Lei de Abuso de Autoridade transformou-se num picadeiro para ataques frontais ao juiz Sérgio Moro e aos procuradores da Lava Jato.

Sérgio Moro está presente, sobranceiro, pairando sobre os abutres que povoam o Senado para devorar seu fígado e que o confrontam sem contrangimento.

A fila dos astaques foi puxada com invulgar ferocidade por um colega de Moro, o também juiz Gilmar Mendes, que fez um discurso intragável, comprometido até a medula com o que existe de pior na política do Brasil.

Foi uma peça covarde, destinada à lata de lixo da história.

O ministro do STF, começou por desdenhar da importância das 2,5 milhões de assinaturas recolhidas para a proposta das "10 Medidas":

- Soube que, se você contratar o Sindicato dos Camelôs de São Paulo, consegue 300 mil assinaturas num dia.

É possível.

Acontece que as 2,5 milhões de assinaturas não foram compradas pelo MPF.

Na cadeira de presidente do Senado, Renan Calheiros sorri o tempo todo, satisfeito com a força dos novos aliados e com a covardia dos velhos adversários das suas práticas coronelísticas.

Neste momento, Renan é réu em ação sob julgamento no STF.

CLIQUE no canal 17 da TV Senado para acompanhar (Sky e NET).

17 comentários:

Unknown disse...

Poderosos do Brasil se entendem... o Judiciário trocou o polpudo que recebem mensalmente pelo comprometimento com os corruptos do Executivo e Legislativo via Foro Privilegiado... todos usufruíram abraçados... espero que morram abraçados!!!
Até agora, até as melancias podres se ajeitaram com o andar da carruagem!!!
Nem aí para a nação que destruíram!!!

Anônimo disse...

Realmente irreconhecível o Ministro Gilmar Mendes. Será que foi ameaçado de morte???

Anônimo disse...

codinomelindinho da planilha da odebrecht e o humberto bostha os do pt sao cinicos e fracassados 2 lixos este humberto é citado assim como lindinho lindbergh faria

Anônimo disse...

JUIZ SERGIO MORO SEJA CANDIDATO A PRESIDÊNCIA DA
REPÚBLICA E VARRA ESSA ESCÓRIA PARA DENTRO DO
ESGOTO DE ONDE NUNCA DEVERIAM TER SAÍDO.

Anônimo disse...


Gilmar Mendes é escória pura.

Anônimo disse...


Soube também, que se fôr pegar assinatura para botar Gilmar Mendes na cadeia vai faltar papel e caneta, de tanta assinatura.

Anônimo disse...

ODEBRECHT DISSE QUE DILMA LHE PEDIU PESSOALMENTE 12 MILHOES

Anônimo disse...

O Judiciário é MARROM, juiz corrupto é apenas aposentado com vencimentos integrais, promotor acusa "à la volonté", nos autos e muitas vezes, em público buscando notoriedade. Esse descontrole, essas arbitrariedades, têm de acabar.

Justiniano disse...

Hoje as entranhas da corrupção politica estão a mostra, independente de partido todos estão alinhados com a podridão imoral que assola esse congresso.
O cafetão Renan age como dono de um prostíbulo tamanho é seu comprometimento com essa corja de canalhas e cafajestes.

Essa corja quando no congresso se jacta de todos poderes, tendo aliados como Gilmar Mendes que defendem essa podridão, chafurdam todos no lamaçal. Isso é a Suprema Bosta Federal porque emporcalham a constituição.

Somente uma guerra civil poderá limpar essa toda essa sujeira e corrupção. A sociedade não suporta mais tamanho descalabro, e o risco de convulsão social é extremamente grande.

Alberto disse...

DÁ-LHE MORO! FORA CANGACEIRO RENAN! CHEGA DE TANTOS DEBOCHES!

Anônimo disse...

No final, Calheiros disse para todo o Brasil que o deputado Onyx Lorenzonni "pra ele Lorenzetti" tem nome de chuveiro, isso não é quebra de decoro?

Anônimo disse...

É por legislar em causa própria que não há ainda a pena de morte no Brasil.Em 2 anos teremos fortíssima renovação legislativa e cabe uma grande revisão constitucional.

Anônimo disse...

Gilmar mendes é corrupto desde a época do Dantas/oi.

Vajra Prema disse...

Sr. editor, fiquei de cara com a fala do ministro Gilmar Mendes;
Aproveitei seus comentários e escrevi pra ele e toda a turma STF.
Avisando que Tbém vou publicar. Aí vai, na íntegra:
Gilmar Mendes, que fez um discurso intragável, hoje no STF, comprometido até a medula com o que existe de pior na política do Brasil. Foi uma peça covarde, destinada à lata de lixo da história.
O ministro do STF, começou por desdenhar da importância das 2,5 milhões de assinaturas recolhidas para a proposta das "10 Medidas":
- Soube que, se você contratar o Sindicato dos Camelôs de São Paulo, consegue 300 mil assinaturas num dia. (ministro Gilmar Mendes)
É possível. Acontece que as 2,5 milhões de assinaturas não foram compradas pelo MPF, eu e toda a minha família assinamos.
Sr. Gilmar mendes, suas declarações são esdrúxulas e no mínimo comprometedoras. Não condizentes com os anseios do povo brasileiro por um país justo, sem corrupção. Portanto, se o ministro não tem respeito pela Lavajato, MPF, procuradores da Força tarefa e juiz Moro, exijo mais respeito com o povo brasileiro.
Grata, Vajra

Anônimo disse...

O Gilmar Mendes vai acabar do mesmo jeito que Joaquim Barbosa.Hoje, me envergonho de um dia ter admirado os dois. Esses dois entrarão na história como traidores do povo e de si mesmos. Gilmar Mendes,acorde! O Joaquim Barbosa já era.

Unknown disse...

Acho que ameaçaram cortar os proventos extras!!!!kkkkkkk

Anônimo disse...

Parabéns Ministro Gilmar Mendes, QUEM NÃO DEVE NÃO TEME. JUÍZES PROCURADORES E OUTROS NÃO SÃO DEUSES NÃO ESTÃO ACIMA DE ALEI E SE COMETEREM ABUSO DE AUTORIDADE O QUE ACONTECE COM FREQUENCIA DEVEM SER PUNIDOS COMO QUALQUER CIDADÃO.

CHEGA DE IMPUNIDADE, EM ESPECIAL DE MEMBROS DO JUDICIÁRIO E MP.

SEJAM HOMENS E NÃO SE ESCONDAM ATRÁS DA IMPUNIDADE!