segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Juízes estaduais protestarão, quinta, contra o pacote de modernização de Sartori

Os juízes estaduais gaúchos reunir-se-ão quinta-feira, 13h30min, para protestar contra o governo Ivo Sartori. Será diante do prédio do Tribunal de Justiça.

A convocação é da Ajuris.

A Ajuris é contra o pacote de modernização da administração pública estadual, inclusive contra o critério atual de transferência de duodécimos para o Poder Judiciário, que estará subordinado ao desempenho da receita própria líquida estadual e não mais em cima de valores fixos, seja qual for a arrecadação contabilizada pela secretaria da Fazenda.

13 comentários:

Unknown disse...

Em defesa dos polpudos!!!
Os menos iguais se rebelam...

Anônimo disse...

Protesto de marajás. Falta os Promotores e Tribunal de Contas

Anônimo disse...

Tem que haver modernização.
Vender o que for possível vender.
Demitir todos que forem possível.
Diminuir tamanho do estado.
Setor Privado é refém da Burocracia, dos privilégios e incompetência do setor publico.
Chega de sustentar este elefante, as corporações nojentas.

Anônimo disse...


O Executivo pede a solidariedade dos outros Poderes para enfrentar o estado falimentar do Estado.

- Mas, quando foi para dividirem o roubo, não chamaram ninguém...

Anônimo disse...

Quase ninguém sabia como eram partilhadas as receitas do Estado. Mas o judiciário receber sobre o projeto de receita é demais. Devem o senhores desembargadores que comandam o poder se acostumar a receber parte do que foi realmente arrecadado.

Anônimo disse...

Modernizar a cobrança dos créditos do estado na Justa, nem pensar ... né ?!!

Anônimo disse...

Todos queremos reformas, desde que não tirem meus direitos.

Anônimo disse...

Nada mais natural: são os parasitas estatais mais privilegiados. Os maiores sangue-sugas.

Anônimo disse...

Solução:

os estados da região sul criam um novo país e começam do zero, sem mordomias para esta classe de marajás que delegam quase tudo a estagiários.

De que adiante ter magistrados capazes se muitas vezes não julgam nada delegando a estagiários?

Caim na real é crise, e na crise todos devem dar a sua cota de sacrifícios em especial AQUELES QUE GANHAM MAIS E SÃO CONHECEDORES DA LEGISLAÇÃO VIGENTE.

Anônimo disse...

Políbio,

AJURIS, uma associação de juízes contra a TRANSPARÊNCIA??

O corporativismo dos barnabés "come" o RS e o BR.

JulioK

Anônimo disse...

COM CERTEZA ESTÃO PENSANDO SÓ NELES.NA DEMISSÃO EM MASSA DO TIRIRICA DA SERRA ELES NÃO VÃO FAZER NADA.CAMBADA DE CRETINOS.SE A SEGURANÇA ESTÁ NESTE CAOS,BOA PARTE DEVE-SE AOS JUÍZES,QUE MANDAM SEMPRE SOLTAR ASSASSINOS...

Anônimo disse...

Sindicato é sindicato e o protesto é previsível. Todos estas siglas que defendem alguma categoria, não as defendem, usurpam de seus associados. Incluindo associações tipo daqueles tranbiques chamadas de "associações de mutuários" que são grupos de advogados que se enchem de dinheiro a custa de associados menos esclarecidos.

Anônimo disse...

vão querer aumentar os indiretos...
Quando erram, o estado paga com precatórios, depois de DEZ DEZ anos pagando advogado, para convencer esses marajas. Mas certamente não é por falta de capacidade intelectual desses juízes, e sim porque precisam usar seus tempos para outras atividades.

Estoque de processos- para jugar o óbvio, levam dez anos. Então um processo é contado todos os anos, até ser julgado. O número só pode ser astronômico.
Imagina represar a água que consumo em uma semana. Mas garantindo a água por DEZ DEZ semanas. Tamanho da caixa da´agua.... DEZ vezes maior