Dilma Roussef fez o discurso (político) fúnebre do velório de Carlos Araújo

No velório, que Dilma transformou em comício. Petistas gaúchos de baixo calibre prestigiaram o ato.

A presidente expurgada como inepta pelo Senado, Dilma Rousseff fez o discurso principal da cerimônia fúnebre do ex-deputado pedetista Carlos Araújo. Dilma falou na noite deste sábado nos instantes finais do velório do ex-marido na Assembleia Legislativa. Ela fez palanque do velório para atacar adversários, criticando o Distritão e o Parlamentarismo. Os ex-governadores que estiveram na Assembleia: Collares, Simon, Olívio e Tarso. Oura alta autoridade presente foi a ex-secretária Neusa Canabarro. Nenhuma liderança nacional do PDT e do PT estiveram no velório, nem meso por solidariedade a Dilma, que recebeu telefonema de pêsames de Lula.

Dilma disse no discurso que Araújo “sempre teve lado.

O velório de Araújo na Assembleia terminou às 21h. O corpo foi cremado em cerimônia restrita à família