Veja já está nas ruas com edição especial sobre o líder petista condenado por corrupção

A revista Veja já está nas bancas com edição especial sobre a condenação de Lula.

A revista revelou durante meses a fio, as malfeitorias da organização criminosa que ensejou os crimes do Mensalão e da Lava Jato, surpreendendo os brasileiros com reportagens investigativas inéditas, revelações exclusivas e surpreendentes, opiniões corajosas, pagando caro pela decisão editorial que tomou, inclusive com ataques criminosos contra sua sede em São Paulo.

Nos últimos meses, Veja mudou bastante seu conteúdo editorial, o que resultou em restrições por parte de boa parte dos leitores deste blog.

Mas não tem como negar que sem Veja, a Lava Jato não seria o que é, porque ela foi decididamente vital para o expurgo de Dilma Roussef e milhares de lulopetistas e sindicalistas que se aboletaram sobre os cofres públicos e chegaram ao ponto de privatizar a Petrobrás para si mesmos.

Esta edição de hoje é histórica.

14 comentários:

Anônimo disse...

O jornalista Jânio de Freitas, da Folha, revelou seu preconceito com o RS na sua coluna de Hoje:
" Na eventualidade de recurso contra a condenação, a defesa de Lula precisa dirigir-se ao tribunal da 4ª Região, em Porto Alegre.
Ali já houve reconsiderações do decidido por Moro, como a recente absolvição do petista João Vaccari em um dos seus processos. Mas a maioria dos recursos é derrotada, tendo os julgadores da oitava turma o conceito de "juízes duros, muito rigorosos".
Já por ser no Rio Grande do Sul, como seria nos outros dois Estados sulinos, muitas defesas costumam temer propensões conservadoras, ou à direita, no trato dos recursos".

Anônimo disse...

Para Jânio de Freitas, o RS é "direitista". Viram Maria do Rosário e Pimenta?

Mordaz disse...

Veja contra Lula Políbio comemora, contra Temer Políbio diz que é golpe.

Anônimo disse...

Prezado Políbio

Como leitores, podemos ser mais específicos: a Veja teve todo o mérito em apontar as falcatruas da poderosa Orcrim, mas quem segurou a barra lá na redação foram figuras como o chefe de redação Eurípedes Alcântara, o grande J.R. Guzzo, o Augusto Nunes, o Graieb e porque não dizer a Joice Hasselmann enquanto existiu a TVeja.

Depois que o passaralho sobrevoou a redação da revista, a Veja acabou. Sob o comando desajeitado de André Petralha aquilo virou uma grande CARAS metida a importante.

Anônimo disse...

Esperamos que seja a primeira pedrada que esse cramulhao receba da justica.

"Culpado" e' muito pouco. Deveriam ter escrito CORRUPTO.

Anônimo disse...

Cancelei assinatura de mais de 30 anos de Veja quando demitiu Joice Hasselmann e foi quando deram início à deplorável virada esquerdista dos editores. E não me arrependo e rejeito todas as tentativas da Abril de recuperar minha assinatura - Veja nos últimos dois meses também conspirou contra o Brasil e a democracia apoiando o golpe indecente contra o Presidente Temer, pois houve clara armadilha arquitetada exclusivamente para provocar sua queda com o conluio criminoso de janot, organizações"criminosas"globo, fachin e "freebois": GOLPE DE ESTADO!Traição à Pátria!

E com inúmeras denúncias de corrupção, obstrução de justiça, chefe de organização criminosa contra lula nas delações premiadas da Lava Jato e o Passador Geral de Régua (PGR) janot nunca pediu sua prisão como fez com Temer e Aécio Neves - uma desproporção absurda entre a as acusações e as medidas solicitadas entre luladrão e eles.

Ressalto que desejo que todos os corruptos e ladrões de dinheiro público sejam exemplarmente punidos, mas o que não dá para aceitar é a seletividade e desproporção entre acusação contra Temer e Aécio (ainda sem provas inequívocas) e as que pesam contra Lula e, até agora, sem nenhuma medida por parte do pgr sequer para investigação, como é o caso das contas de lula e dilma na Suíça mencionadas pelo "freeboi" wesley na sua delação fake e premiadíssima.

Se Temer tiver contas à acertar com a Justiça que assim seja no dia 1 de janeiro de 2019. Até lá, qualquer tentativa de derrubá-lo será um golpe, pois ocupa o cargo constitucionalmente e o Brasil e seu Povo não merecem o caos e o afundamento total política, social e economicamente falando.E será isso o que vai acontecer com esse golpe sujo de janot, fachin, globo e do blog antagonista/empíricus.

Finalizando, por mais histórica que possa ser essa edição de Veja, a publicação e sua editora Abril, não merecem mais minha confiança de que são isentas e trabalham para o bem do Brasil e do Estado Democrático e de Direito.

Anônimo disse...

A veja não é a mesma, virou um antro de petralhas.

ATENTO disse...

PARECE QUE DE REPENTE A FRIBOI COMPROU A VEJA
------------------------------------------------

LULA UM BANDIDÃO,ASSASSINO DE VELHOS E DOENTES QUE FICARAM SEM ATENDIMENTO POR VERBAS DESVIADAS,UM CRIMINOSO SIM!

MAS A CAPA FOI FEITA COM IMAGEM DE LULA COMO

"POBREZINHO","COITADINHO"...

OBSERVEM A EXPRESSÃO CORPORAL:

UM "ARREPENDIDO"

JAMAIS DIRCEU,LULA DILMA ESTARÃO ARREPENDIDOS FARIAM TUDO DE NOVO,MATARIAM MAIS CELSOS, MAIS TEORIS E TODOS QUANTO SE FIZESSEM NECESSARIOS PARA CONTINUAREM EM GOVERNO.

DE REPENTE ARMARAM AQUELA TRAIÇÃO PARA REINALDO AZEVEDO,E A OPINIÃO DE VEJA MUDOU ,INVERTEU, SEM EXPLICAÇÃO PLAUSIVEL, OU MUITO MUITO PLAUSIVEL:INJEÇÃO DE CAPITAL,MUITO,COMO NOS ESTADOS UNIDOS CONTRA TRUMP, COMO NA GLOBO,COMO NO BREXIT, IMPRENSA DOMINADA TORCENDO EXPLICITAMENTE , NEGANDO O ÓBVIO ,OS FATOS.

OBS.: AS SENADORAS ESTAVAM ENSINANDO OS PETISTAS E PETRALHAS A TOMAREM A FORÇA,INVADIREM INSTITUIÇÕES, ENSINARAM A MILHÕES DE MILITONTOS. ESTA FOI A MENSAGEM QUE PLANTARAM NAS MENTES DEFORMADAS DE MILITONTOS ZUMBIS.



ATENTO disse...

"CRISTIANIZARAM' LULA

NA IMAGEM DE "COITADO ARREPENDIDO" SÓ FALTA UMA COROA DE ESPINHOS, COMO A DE CRISTO,E SÓ NÃO RESSUSCITOU AINDA PORQUE NÃO O MATARAM.

LULA TEVE MAIS JUDAS QUE CRISTO, TAMBÉM APRONTOU MUITO MAIS, E TINHA MILHARES DE "APÓSTOLOS" AO INVÉS DE DOZE.

LOGOLOGO O PAPA COMUNISTA E ARGENTINO VAI CANONIZA-LO.

PS.:UM PAPA ARGENTINO...UM CRISTO PETISTA,ONDE VAMOS PARAR?

Justiniano disse...

O inferno astral do Lula só está começando (tem mais quatro processos) e o PT já está na bacia das almas, porque sem Lula o PT não passa de um partido nanico, segue os passos do PDT que após a morte de Brizola virou um partido sem expressão.

O PT deveria ser proscrito por todas as mazelas que provocou no país, porque a "democracia" do PT é roubar, pilhar, saquear e assassinar reputações.

A atitude das barangas senadoras no congresso foi o maior tiro no pé culminando com a condenação de Lula, aos doentes mentais do PT foi um dia de cão, mas quem faz parte dessa legião das trevas até que isso é previsível.



Anônimo disse...

EM EDIÇÃO EXTRA, VEJA CONDENA LULA, ENQUANTO JURISTAS CONDENAM MORO:

A revista Veja sequer esperou até a noite de amanhã para divulgar mais uma capa com o ex-presidente Lula; em edição extra, veiculada nesta quinta-feira 13, a publicação da Abril traz destaque para a condenação do ex-presidente a 9 anos e 6 meses de prisão; enquanto isso, diversos representantes da comunidade jurídica criticaram a sentença do juiz Sérgio Moro.

13 DE JULHO DE 2017

247 - A revista Veja divulgou nesta quinta-feira 13 uma edição especial para celebrar o quanto antes a condenação do ex-presidente Lula pelo juiz Sergio Moro a 9 anos e meio de prisão.

Enquanto a publicação da Abril traz destaque para a condenação do ex-presidente, diversos representantes da comunidade jurídica criticaram a sentença do juiz de Curitiba, que cuida dos processos da Lava Jato em primeira instância.

O professor de Direito Constitucional na PUC-SP, Pedro Estevam Serrano, por exemplo, considera que o processo contém vícios evidentes. Doutor e mestre em Ciências Criminais, Salah H. Khaled Jr considera que Sérgio Moro sustenta, mais uma vez, a reputação de juiz justiceiro sob forte apelo midiático.

PS: Qual jurista "conhecido" além dos Tucanos Miguel Reale e Ives Granda avalizou a sentença de moro contra lula?

Anônimo disse...

Lula é condenado por lavagem de dinheiro que não lhe foi dado, diz jurista:

Um dos maiores processualistas do Brasil, Afrânio Silva Jardim, faz análise da sentença de Moro e questiona decisão que condenou Lula

13/07/2017 - RBA

São Paulo – Em sua página no Facebook, o jurista Afrânio Silva Jardim, livre-docente em processo penal pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e tido como um dos maiores processualistas do Brasil, fez uma análise a respeito da condenação do ex-presidente Lula pelo juiz Sergio Moro, com base em sua sentença.

Ele destaca que no texto da sentença, considerada "excessivamente longa", Moro "se utiliza de inúmeras laudas" para "'se defender' das alegações de ilegalidades e abusos processuais feitas por alguns dos réus". O jurista observa ainda que a "extensa denúncia do Ministério Público Federal carecia de boa técnica e mais parecia razões ou alegações finais, tornando difícil ao leitor ter clareza de quais imputações eram efetivamente feitas aos vários réus".

Em maio, o jurista já havia demonstrado sua indignação com a condução do depoimento de Lula por Sergio Moro. Ele pediu publicamente que um artigo do magistrado, publicado em livro que o homenageia, fosse retirado da obra.

Silva Jardim analisa a questão da propriedade do apartamento no Guarujá, que seria a base para Moro condenar Lula. "Vamos primeiramente à controvérsia relativa ao apartamento tríplex. Diz a acusação e o reconhece a sentença que o apartamento é do ex-presidente Lula e de sua falecida esposa, Dona Marisa. Isto não está provado e nada nos autos autoriza dizer que o réu Lula e sua esposa tiveram sequer a posse direta ou indireta do apartamento tríplex. Proprietário não é, pois, no direito brasileiro, só é proprietário quem tem a escritura pública registrada junto à matrícula do imóvel no RGI", argumenta.

"A toda evidência, visitas ao imóvel, solicitações de realização de obras nele, vontade de adquiri-lo, manifestada através de e-mails, reserva do bem para futura aquisição, manifestação verbal do real proprietário de destinar o imóvel a determinada pessoa, nada disso transfere uma propriedade imobiliária", explica o jurista, lembrando ainda que a OAS, como proprietária da unidade residencial, "teria dado o referido imóvel em garantia real de dívidas que contraiu no sistema financeiro".

"Como caracterizar lavagem de dinheiro sem dinheiro? O réu Lula não recebeu 'propina' e com ela comprou o imóvel, colocando-o, dissimuladamente, em nome de terceiro. No caso, o imóvel é da OAS e continua em nome da OAS. Note-se que a OAS terá até embargos de terceiros, diante do confisco determinado pela sentença", diz Silva Jardim. "Por derradeiro, não há nenhuma prova de que o ex-presidente Lula tenha sido autor, coautor ou partícipe dos contratos lesivos à Petrobrás ou das ilicitudes realizadas nas respectivas concorrências."

Em sua análise, o processualista conclui: "Lula foi condenado por receber o que não recebeu e por lavagem de dinheiro que não lhe foi dado ... Vale dizer, não teve o seu patrimônio acrescido sequer de um centavo !!! Não recebeu nenhum benefício patrimonial e por isso não tinha mesmo o que 'lavar'...".

Anônimo disse...

REINALDO AZEVEDO: MORO CONDENOU LULA SEM PROVAS:

"O juiz condenou Lula com base nas delações e no chamado conjunto das circunstâncias. Inexiste um documento que ateste que o apartamento pertence ao ex-presidente. Ao contrário: os que há atestam não pertencer", afirma o jornalista, que diz ainda que o juiz Sergio Moro "se atrapalha bastante ao explicar por que não mandou prender Lula".

13 DE JULHO DE 2017

247 - O blogueiro Reinaldo Azevedo, ex-Veja, afirma que o juiz Sergio Moro condenou o ex-presidente Lula sem provas no caso do triplex do Guarujá.

"O juiz condenou Lula com base nas delações e no chamado conjunto das circunstâncias. Inexiste um documento que ateste que o apartamento pertence ao ex-presidente. Ao contrário: os que há atestam não pertencer", diz ele.

Ele diz ainda que Moro, na sentença, "se atrapalha bastante ao explicar por que não mandou prender Lula"

PS: Em entrevistas em rádios e Tvs os defensores da condenação de lula citam prova, entre eles membros do MPf sector República de Curitiba falam que existem provas, quando perguntados para citar algumas "gaguejam" e falam nas delações, em fotos, em visitas ao triplex, o testemunho do porteiro... Ou seja, vão criar vergonha na cara.

Anônimo disse...

Lula, o bilionário , na cadeia.!!!