Manifestantes fazem teatro de apoio à Lava Jato na frente da casa de Fachin

Grupos de apoio à Lava Jato, como o “Vem pra rua, Curitiba”, o “Lava Togas” e o “Curitiba contra a corrupção”, realizaram um protesto nesta sexta-feira em frente à casa do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, em Curitiba. 

A informação é da GazetadoPovo, de quem também é a foto ao lado.

Pelo menos 50 pessoas participaram do ato, que se transformou em peça teatral. 

Os manifestantes se dividiram em dois grupos. O primeiro vestiu togas pretas e máscaras dos onze ministros do STF, do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e de políticos investigados na Lava Jato, como o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff.

CLIQUE AQUI para saber mais.

7 comentários:

Unknown disse...

Tem sentido!!!!

Anônimo disse...

Concordo que devemos manifestar nossa indignação com o stf politizado, esquerdoide e vendido aos interesses dos poderosos e quanto mais indignação, melhor !
Mas os motivos da manifestante Darli deixam muito a desejar: indignação siim e muita, contra o acordo de delação com os irmãos freeboi; contra a soltura de ze dirceu; contra o golpe para derrubar Temer; contra a liberdade de luladrao até hoje,etc ... isso tudo e ela Darli e
não fala nada ? Decepção com a cegueira dessa turma quando deveriam ser um farol para o resto da população ...

Anônimo disse...

Esses coxinhas de merda golpistas tem que fazer teatro na frente da casa de quem eles colocaram no executivo, ou seja, seus bandidos de estimacao

Anônimo disse...

50, que multidão.

Anônimo disse...

ta faltando so os protestos nas ruas para tirar todos os corruptos que eu sabia era primeiro a dilma depois os outros hahahahaha

Anônimo disse...

Tudo junto e misturado: justiça com os corruptos políticos.

Anônimo disse...

Dá a noticia completa editor, só vagabundos pró-temerário,pagos pelo Pato do FIESp.