Assembléia continua negando o estribo a Sartori. Com isto, perpetua desajuste fiscal do governo do RS.

A Assembléia do RS continua negando o estribo para que o governador Sartori conclua o ajuste das contas públicas e possa aderir ao Regime de Ajuste Fiscal dos Estados, que representaria a salvação da lavoura.

Sem dinheiro nem para pagar a folha dos funcionários, o governo do Estado investiu com recursos próprios apenas R$ 483,5 milhões em diversas áreas em 2016. Obras vultosas em escolas e em rodovias anunciadas pelo governador José Ivo Sartori são realizadas com dinheiro de empréstimos conquistados por antecessores.

Os serviços públicos relacionados com saúde, segurança e educação perderam qualidade e são mantidos de forma apenas razoável, graças sobretudo a gestores de qualidade no comando das três secretarias.

E o governo atrasa pagamentos de salários dos servidores do Executivo por falta de dinheiro.