TRF4, Porto Alegre, decidirá sobre áudio das oitivas de Odebrecht e Alexandrino.

O advogado Cristiano Zanin, defensor de Lula,  protocolou pedido no TRF4, Porto Alegre, requerendo o áudio da audiência de segunda-feira em Curitiba, durante a qual o juiz Sérgio Moro ouviu Emilio Odebrecht e Alexandrino Alencar no caso do triplex.

O pedido deverá ser analisado em sessão da 8ª Turma, ainda sem data marcada.

2 comentários:

Anônimo disse...

Chega ser nojento de ver a condição em que os políticos brasileiros se submeteram pela ganância do poder e a busca pelo dinheiro fácil. Pouco se importaram com os hospitais falidos e sem medicamentos. Crianças nascendo com microcefalias por falta de recurso na Saúde. Sindicatos direcionando a Educação não sabemos em que direção. As escolas invadidas e depredadas por seguidores de ideologias políticas. O país está à beira do caos pela falta de segurança. Nada disso os tocou, só pensaram em como tirar mais proveito da situação. Penso que são pessoas anormais que foram eleitas para nos representarem. Na minha opinião esses políticos necessitam de isolamento perpétuo porque qualquer outra dosimetria não justificaria. Zombaram dos trabalhadores porque foram eleitos para os protegerem .Vergonhoso

Unknown disse...

Quem sabe se cria um tribunal especificamente para atender os "adevogados da OAB" de Lulla???