sexta-feira, 17 de março de 2017

Suicida pula do 19o andar do Anexo I da Câmara dos Deputados

Brasília, via WhatsApp

Um suicida acaba de se atirar do 19o andar do Anexo I da Câmara dos Deputados. A área foi  isolada.

A polícia esteve no local, recolheu o corpo e constatou que se tratava do advogado Adriano Naves, 39 anos.

Ele entrou no prédio, foi até o 19o andar, encontrou as portas abertas e se jogou.


15 comentários:

Anônimo disse...

Espero que seja um deputado com a cola enroscada na Lava Jato. Espero mais: que seu exemplo seja seguido pelos demais corruptos do legislativo e judiciário, antes porém deixando uma cartinha com seus malfeitos e dedurando demais corruptos do seu círculo. Seria uma depuração natural e barata.

Alberto disse...

Coitado consumiu carne Friboi do Tony Ramos ou leite adulterado? Lamentável.

Unknown disse...

É o Renan!!! Com certeza!!! Se não for, Deus não é justo!!!

Anônimo disse...

Que seja um incentivo para todos os deputados fazerem o mesmo voluntarimente e não forçosamente.

PAULOBOX 24 disse...

Aprovado!

Anônimo disse...

Avisem lá que red bul não dá asas.

Anônimo disse...

Quantos dedos tinha?

Anônimo disse...

As primeiras informações, ainda não oficiais, falam em suicídio. Um funcionário da Casa sem crachá e nem documento teria se jogado da sala 1906, do 19º andar. No andar funciona a Coordenação de Engenharia de Obras.

Anônimo disse...

E na FUNDAÇÃO CEEE tudo calmo?

Anônimo disse...

Coordenação de engenharia e obras, é?Deve haver uma investigação rigorosa para definir se o sujeito se suicidou ou foi suicidado.Aí tem gato na tuba.Morto não fala.

Anônimo disse...

Se for deputado, torço para ser do PT. Um FDP a menos.

Anônimo disse...

A vítima chamava-se Adriano de Rezende Naves , 42 anos, advogado , morava na 212 Sul, em Brasília. Segundo a Assessoria de Imprensa da Câmara , não tinha vínculos com a Casa e estava no prédio na condição de visitante.!!!

Anônimo disse...

Quanta barbárie e falta de respeito para com os outros. O ódio e a intolerância, Infelizmente, tomaram conta mesmo do País.

Anônimo disse...



Esta história está mal contada, tem truta aí no meio.

Anônimo disse...

Coitado. Descobriu os podres do pai ou do avo politico e não suportou! Era muito jovem pra ser corrupto!