segunda-feira, 6 de março de 2017

Prefeitura de Porto Alegre abrirá cadastro de inadimplentes para quem não paga IPTU e INSS.

O prefeito Marchezan Júnior decidiu abrir uma licitação para contratar uma empresa especializada em serviço de proteção ao crédito, visando atuar no cadastramento de devedores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN). 

Em 31 de janeiro, a dívida pública somou R$ 1,98 bilhão, sendo que R$ 721 eram referentes ao IPTU e à Taxa de Coleta de Lixo e R$ 1,01 bilhão a atrasos no ISSQN.

Leia a licitação em
www.portaldecompraspublicas.com.br.

5 comentários:

Anônimo disse...

PQP!!

Mas e a SMF?!?!? Não deveria fazer isso?!?!?

Com seus mui bem pagos funcionários?!?!

Que recebem até uma gratificação especial por "produtividade" (leia-se: quem arrecada mais, recebe mais...)?!?!?!

Aposto que a tal terceirizada já tem nome, endereço e telefone sabidos. Aguardemos confirmação.

elias disse...

kkkkkkkkkkkkk

poder publico, quando precisa de resultados, apela para a iniciativa privada, embora tenha trocentos parasitas empregados.

Oigalete bananão e seu povo lixo.

Anônimo disse...

Hahahahaha... Sensacional comentário!

Luiz Vargas disse...

Por falar em "inadimplência": júnior, o coroné interventor, já saldou suas dívidas de campanha?

Anônimo disse...


É o fim da picada. Agente Fiscal da Receita Municipal ganhando R$40.000,00 mensais para fazer a fiscalização e nada.

Quem sabe começa fazer esta gente cumprir horário de trabalho que tudo melhora. Algumas informações do Marchezan não batem, no mês passado todos da SMF ganharam 100% de produtividade.