Acordo do RJ com o governo federal deve ser barrado pela AGU

Inspiração ao governador José Ivo Sartori para amenizar a crise nas finanças do Rio Grande do Sul, o acordo feito pelo Rio de Janeiro com a governo federal pode ser barrado pela Advocacia-Geral da União.

A titular, Grace Mendonça, disse hoje que, nos termos em que está colocada a proposta, não é possível autorizar o acordo. Entre outras, porque a lei não permite a antecipação de receitas, que é uma das providencias incluídas como parte da solução para o estado.

Grace vai sustentar essa posição na reunião sobre o assunto de que participará amanhã, em Brasília.

4 comentários:

Anônimo disse...

Então entrega receita velha, que é o passivo a ser cobrado pelo estado e ele NÃO COBRA !!

Anônimo disse...

Mas estado pegar depósitos judiciais no TJ isso pode ... né !!

Anônimo disse...



Ainda bem quem tem alguém com visão neste país.

O Polenta que sossegue e pare de incomodar.

Olha o que acontece no ES.

Mais manifestações deste tipo serão deflagradas.

Roberto disse...

Parodiando um amigo meu: "O Rio de Janeiro não "incorpora" mas quer charuto"! É a velha malandragem carioca!